Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3904
Título: Utilização de nitrato para bioatenuação da geração de sulfeto em água produzida proveniente da extração de petróleo.
Autor(es): Segui, Paula Nonato
Orientador: Cassini, Sérvio Túlio Alves
Palavras-chave: Água produzida
Petróleo
Microrganismos redutores de sulfato
Biocorrosão
Data do documento: 18-Fev-2009
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Em sistemas e processos industriais, incluindo processos de tratamento de águas residuárias e sistemas de exploração e produção de petróleo, a geração de sulfeto e a corrosão influenciada por microrganismos trazem prejuízos incalculáveis em todo mundo. A indústria de petróleo tem se empenhado em desenvolver novas tecnologias para o tratamento da água produzida, gerada nos processos de exploração, no intuito de minimizar a biocorrosão nos dutos e materiais metálicos, e os possíveis danos ambientais. O grupo de microrganismos conhecido como microrganismos redutores de sulfato (MRS) possui como principal característica a redução do sulfato a sulfeto no processo de degradação anaeróbia da matéria orgânica. Além da importância ecológica no ciclo do enxofre e do carbono, os MRS estão relacionados à corrosão microbiológica e à geração de odores, sendo que a indústria petrolífera se destaca como umas das que mais são afetadas pela atividade deste grupo de microrganismos. O nitrato é uma alternativa mais econômica em ralação aos biocidas, normalmente utilizados no tratamento da água produzida, além de não oferecer riscos ambientais. O presente trabalho avaliou a utilização de nitrato para a diminuição da geração de sulfeto por microrganismos redutores de sulfato em amostras de água produzida, fornecidas pela Petrobras. O experimento foi planejado utilizando tratamentos envolvendo três níveis de nitrato, dois níveis de acetato (presença e ausência) e três repetições, com controles de água produzida, água produzida + lodo e água produzida + lodo + acetato, totalizando 27 unidades experimentais. Os resultados indicaram que o nitrato na concentração intermediária (500 mg/L) foi suficiente para cessar a geração de sulfeto pelos microrganismos redutores de sulfato, num período entre 3 e 4 semanas após o início do experimento. Além disso, a análise estatística dos dados incluiu as amostras em que houve adição de acetato, como aumento da fonte de carbono, num mesmo grupo de médias em relação às mesmas amostras, porém, sem a adição de acetato.
In systems and industrial processes, including processes of wastewater treatment and oil exploration and production systems, the sulfide generation and the corrosion influenced by microrganisms bring countless losses worldwide. The oil industry has been engaged in developing new technologies for produced water treatment, generated in exploration processes, in order to minimize the biocorrosion in ducts and metallic materials, and also possible environmental damage. The group of microrganisms known as sulfate reducing microrganisms (SRM) has as main feature the reduction of sulfate to sulfide in the anaerobic degradation of organic matter. Besides the ecological significance in the cycle of sulfur and carbon, the SRM are related to microbiological corrosion and the generation of odors, and the oil industry is one of the most affected by the activity of this group of microorganisms. The nitrate is a cheaper alternative in relation to the biocides, commonly used in the treatment of production water, and does not offer environmental risks. The present study evaluated the use of nitrate to reduce the generation of sulfide by sulfate reducing microrganisms in samples of production water, provided by Petrobras. The experiment was designed using treatments involving three levels of nitrate, two levels of acetate (presence and absence) and three repetitions, with controls of production water, production water + slugde and production water + sludge + acetate totaling 27 experimental units. The results showed that the nitrate concentration in the intermediate level (500 mg/L) was sufficient to stop the generation of sulfide by sulfate reducing bacteria, in a period between 3 and 4 weeks after the beginning of the experiment. Moreover, the statistical analysis of data, included the samples that had the addition of acetate as an increase of the carbon source at the same group of average than the same samples, but without the addition of acetate
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3904
Aparece nas coleções:PPGEA - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_3107_Dissertao_Paula Segui.pdf1.34 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.