Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3908
Título: Avaliação do risco microbiológico decorrente do reuso de águas cinza em uma edificação residencial de alto padrão.
Autor(es): Vaz, Laila de Oliveira
Orientador: Gonçalves, Ricardo Franci
Coorientador: Bertoldi, Adelmo Inácio
Data do documento: 27-Fev-2009
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Qualquer atividade de reúso da água implica em considerações relativas à proteção da saúde. Nos casos de reúso de maior porte uma análise de riscos pode ser aplicada, a fim de avaliar os riscos envolvidos. Este trabalho tem como objetivo promover a caracterização físico-química e microbiológica da água cinza produzida em uma edificação residencial de alto padrão, no Município de Vitória (ES), e avaliar o risco microbiológico envolvido no reúso ao longo de todo o sistema hidro-sanitário da edificação. Para isso foi realizado um monitoramento físico-químico e microbiológico das diferentes etapas que compõem a Estação de Tratamento de Água Cinza (ETAC), cujo processo é b aseado na associação de um Reator Anaeróbio Compartimentado (RAC), de um Filtro Biológico Aerado Submerso (FBAS), de um Decantador (DEC), de um Tanque de Equalização de Vazão (TQE), de um Filtro Terciário (FT) e de desinfecção à base de cloro. O tratamento adotado apresentou elevada eficiência na remoção de turbidez, cor, DBO, DQO e E. coli., e características compatíveis com diversos padrões estabelecidos para o reúso não potável. Não foi detectado a presença de Salmonella spp., ovos de helmintos, Cryptosporidium sp. e Giardia spp. no efluente de nenhuma etapa do tratamento. A análise de risco foi realizada de acordo com HASS (1999), utilizando o modelo beta-poison e variáveis descritas por WESTRELL (2004). A probabilidade de infecção anual do selo hídrico do vaso sanitário abastecido com água de reúso comporta-se de acordo com a água de reúso no reservatório inferior de cloração apresentando risco anual aceitável de 1 caso de infecção em 1000 para diarréias leves (10-3).
Any activity of water reuse leads to considerations relating to health protection. In cases of reuse on a large scale a risk analysis can be applied to assess the risks involved. This work aims to promote the characterization physical-chemical and microbiological of the greywater produced in a high standard of residential building in the city of Vitória (ES), and evaluate the microbiological risk involved in the water reuse throughout the hydro-health system building’s. For this was done a monitoring physico-chemical and microbiological testing of different stages that make up the Greywater Treatment Plant (ETAC), whose process is based on the combination of a compartmentalised anaerobic reactor (RAC), a Submerged aerated biological filters (FBAS), a decanter (DEC), a tank of Equalization (TQE), a Tertiary Filter (TF) and chlorine-based disinfection. The treatment used had high efficiency in removing turbidity, color, BOD, COD and E. coli. and characteristics consistent with the various standards estabilished for the non-potable reuse. The presence of Salmonella spp. was not detected neither Eggs of helminths, Cryptosporidium sp. and Giardia spp. in the effluent from any stage of treatment. The risk analysis was conducted according to HASS (1999), using the model betapoison and variables described by WESTRELL (2004). The annual probability of infection of the water seal toilet filled with water of reuse behaves according to the reuse of water in the bottom reservoir of chlorination showing acceptable annual risk of 1 case of infection in 1000 for mild diarrhea (10-3).
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3908
Aparece nas coleções:PPGEA - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_3165_dissertação laila vaz.pdf1.22 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.