Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3918
Título: Caracterização química e morfológica de partículas sedimentadas na Região Metropolitana da Grande Vitória - ES
Autor(es): Conti, Melina Moreira
Orientador: Reis Junior, Neyval Costa
Data do documento: 27-Jun-2013
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Este trabalho teve como objetivo estudar as Partículas Sedimentadas na Região Metropolitana da Grande Vitória (RMGV) incluindo análises do fluxo de deposição, composição físico-química, distribuição de tamanho e características morfológicas, de forma a separar categorias de fontes com alto grau de similaridade contribuindo com a identificação das principais fontes da região. As amostras foram coletadas nos meses de maio a novembro de 2010 em quatro localidades na RMGV por meio de amostradores baseados na norma americana ASTM D1739-98 (2004). Também foram utilizadas placas de cobre expostas por 10 dias entre os meses de julho a setembro de 2010. O fluxo de deposição foi determinado pelo método gravimétrico conforme a norma ABNT MB3402 (1991). As análises da composição química e da morfologia foram determinadas por Microscópio Eletrônico de Varredura acoplado a um Detector de Raios-X por Energia Dispersiva (MEV/EDS). Os principais grupos de partículas encontradas foram partículas com alto teor de Si e Al e com baixas concentrações de K, Ti e Fe; partículas ricas em C; e partículas com alto Fe. O primeiro grupo são provavelmente aluminossilicatos relacionados à materiais da crosta. O segundo grupo pode ser partículas de origem orgânica, relacionadas a processos biogênicos, queima ou manuseio de carvão. O terceiro grupo são partículas provavelmente relacionadas às atividades siderúrgicas da região. Também foi encontrada a presença significativa de partícula de NaCl, C-CaO e com alto teor de Ca-Mg. Observou-se que mais de 95% das Partículas Sedimentadas são menores que 10 μm, entretanto, mais de 95% da massa depositado corresponde a partículas maiores que 10 μm. As comparações dos resultados obtidos no presente trabalho, quanto à origem possível das partículas, com os resultados obtidos pelo modelo CMB, indicam que as contribuições médias de cada fonte obtidas em ambos os trabalhos são consistentes, sendo a maioria das discrepâncias nos valores médios encontrados, inferiores às barras de erro associadas às variações das influências de cada fonte.
The main objective of this thesis is to study the dustfall in the Metropolitan Region of the Great Vitória (RMGV),including an alysisordepositionflux, physico-chemical characterization, size distribution and morphologicalcharacterization to classifysource categories withhigh degree of similarityandcontributing to identifythe main sources of the region. The samples were collected between the months of May and November 2010 atfour sitesin RMGV, by using copper plates and samplers based on the American Standard ASTMD1739-98 (2004). The deposition flux was determinedby gravimetric methodbased on the Brazilian Standard ABNT MB3402 (1991). The analysis of the chemical composition andmorphology were performedby Scanning Electron Microscopy coupled with individual-particle X-ray analysis(SEM/EDS). Threemaingroups of particles were found:particles with high contentofSi and Al with low concentrations of K, Ti and Fe; particles with high content of C; and particles with highcontent ofFe.The first group is probably aluminum silicatematerials related to the crust and dirt roads. The second group the particles may have anorganic origin, related to biogenic processes, burning or coal handling. For the third group, the particlesareprobablyrelated to iron-ore processingand steel manufacturingin the region. It wasalso found a significant presence of NaCl particles, C-Caand high content of Ca-Mg. It was observed that more than 95% of the sampled setted the particles are smaller than 10 μm pelleted, however, more than 95% of deposited mass correspondsto particles larger than 10 μm.Regarding the determination of originof the particles, a comparisonbetween the results obtained here and previous CMB source apportionment study, performed by using CMB, indicates that the results obtained by both techniques are fairlyconsistent, but the use of SEM/EDSenables better source separation/identification, since it relies not only on chemical composition but also on morphological characteristics of the particles.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3918
Aparece nas coleções:PPGEA - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_7218_tese Melina.pdf3.48 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.