Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3932
Título: A influência da envoltória no consumo energético em edifícios comerciais artificialmente climatizados na cidade de Vitória-ES
Autor(es): Bernabé, Ana Carolina Alves
Orientador: Alvarez, Cristina Engel de
Data do documento: 3-Abr-2012
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: O desdobramento das cidades motivou a proposição de edificações cada vez mais verticalizadas, a fim de suprir as demandas do adensamento urbano. Ao longo do tempo, o desenvolvimento vertical esteve atrelado a novas tecnologias que, inicialmente convieram para que o arquiteto tivesse mais liberdade projetual. No entanto, a possibilidade se reproduzir modelos referenciados em um estilo moderno e internacional, fez com que alguns profissionais negligenciassem a estreita relação entre a arquitetura e o meio em que se insere, deixando a cargo dos sistemas artificiais, a garantia de conforto térmico para os usuários. O novo cenário energético, entretanto trouxe uma reflexão acerca da elevada demanda de consumo desse bem nas edificações, culminando em discussões, estudos e desenvolvimento de nova realidade, pautada nos conceitos de eficiência energética. É dentro dessa perspectiva que esta pesquisa se insere. Tem-se, por objetivo, identificar como e quanto algumas estratégias arquitetônicas aplicáveis à envoltória e inseridas no contexto climático da cidade de Vitória-ES, podem influenciar no consumo energético de edifícios comerciais, verticalizados e condicionados artificialmente. Como metodologia, foram propostos 108 modelos parametrizados combinando valores para cinco variáveis investigadas, que são: orientação, percentual de abertura na fachada, fator solar, existência de proteção solar e absortância das superfícies opacas. Esses edifícios foram modelados segundo um edifício de referência, para que todas as outras variáveis fossem controladas. A análise, feita com base no consumo energético final, foi estabelecida de duas formas: a primeira contou com a classificação dos modelos que alcançaram o nível de eficiência A, através do procedimento estabelecido pelo RTQ-C (Regulamento Técnico de Qualidade do Nível de Eficiência Energética de Edifícios Comerciais, de Serviço e Públicos); já a segunda contempla a análise da influência geral e individual de cada variável, bem como o potencial de incremento e redução do dispêndio energético de cada uma. Como resultado, verificou-se que a alteração das variáveis investigadas levou a uma redução de até 27,88% no consumo final para o modelo proposto. Os testes investigativos sugerem um potencial ainda maior de economia frente à utilização de brises mais adequados e indicam a relevância do controle de iluminação em alguns casos.
The deployment of cities have motivated the proposition of building more and more vertical in order to meet the demands for urban densification. Over time, the vertical development was linked to new technologies that initially came to give to the architect more projectual freedom. However, the possibility of reproducing models referenced in a modern and international style, led some professionals to neglect the close relation between architecture and the environment that it is inserted, leaving to artificial systems the role of ensuring thermal comfort for the users. However, the new energy scenario brought a reflection of the high demand for energy consumption in buildings, resulting in discussions, studies and development of a new reality, based on the concepts of energy efficiency. It is within this perspective that the research falls. The goal is to identify how and how much some strategies applicable to architectural envelope and inserted in the climate context of Vitória-ES, can influence the energy consumption of commercial buildings verticalized and artificially conditioned. The methodology proposed 108 models parameterized matching values for five investigated variables, they are: orientation, window wall ratio, solar factor, the existence of sun protection and absorptance of the opaque surface. These buildings were modeled after a reference building, so all other variables were controlled. As output data for the simulations we have established the final energy consumption. The analysis of these results was established in two ways. The first included the classification of the models that have achieved the level of efficiency through the procedure established by RTQ-C. The second involves the analysis of general and individual influence of each variable, and the potential for increase and reduction of energy expenditure of each one. As a result, it was found that changing the variables investigated led to a reduction of up to 27.88% in final consumption for the proposed model. The investigative tests suggest an even greater potential savings face to the most appropriate use of louvers and indicate the importance of lighting control in some cases.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3932
Aparece nas coleções:PPGEC - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_3900_Ana Carolina Alves Barnabé.pdf4.43 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.