Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3935
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorGama, João Luiz Calmon Nogueira da-
dc.date.accessioned2016-08-29T15:10:02Z-
dc.date.available2016-07-11-
dc.date.available2016-08-29T15:10:02Z-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/3935-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.subjectDeposição de cloretospor
dc.subjectDurabilidade de estruturaspor
dc.titleAgressividade ambiental em zona de atmosfera marinha: estudo da deposição de cloretos e sua concentração em concretos na Região Sudestepor
dc.typemasterThesiseng
dc.subject.udc624-
dc.subject.br-rjbnConcretopor
dc.subject.br-rjbnSalpor
dc.subject.br-rjbnClimatologiapor
dcterms.abstractEstruturas de concreto construídas próximas ao mar sofrem com a agressividade ambiental causada pelo aerossol marinho. O aerossol marinho é uma névoa de água salgada formada pela quebra de ondas do mar e pela fricção do vento na superfície da água. A quantidade de sal presente no aerossol é maior quanto mais fortes forem os ventos da região e quanto menor for a distância da costa. Esse aerossol é transportado pelo vento em direção ao continente, depositando-se sobre a superfície das estruturas de concreto. Os cloretos precipitados penetram no concreto por absorção e difusão iônica, podem causar a corrosão das armaduras caso sua concentração seja elevada. Essse trabalho visa medir a concentração de cloretos no aerossol marinho e correlacioná-la com a concentração de cloretos no concreto. Para tal, foram selecionados cinco pontos de exposição natural para medição da névoa salina dos quais três foram utilizados também para exposição do concreto à agressividade ambiental. Os pontos estão situados na região metropolitana da grande Vitória a 10, 65, 120, 240 e 520 metros distância ao mar, sendo os três mais distantes usados para a exposição dos concretos. A medição de cloretos no aerossol marinho foi feita através do ensaio da vela úmida. Medidas climatológicas também foram obtidas para caracterizar a região de estudo. Os concretos estudados foram moldados em corpos de prova prismáticos de concreto com diferentes traços, variando a relação água/cimento: 0,65, 0,55 e 0,45. Após 6 e 10 meses, foram tiradas amostras do concreto para determinação do teor de cloretos. Os resultados indicam que uma fraca relação entre a deposição de cloretos na atmosfera e a concentração de cloretos no concreto para a região de estudo. A deposição de cloretos, por sua vez, apresentou baixa correlação com o regime dos ventos. De toda forma, é possível estabelecer um comportamento da agressividade ambiental de acordo com as determinações obtidas.por
dcterms.abstractThe concrete structures that are built close to the sea suffer the environmental aggression caused by the marine aerosol. The marine aerosol is a sea salt airbone formed by the ocean waves movement and by the friction of the wind against the surface of the ocean water. The quantity of salt found in the aerosol is bigger the more the winds of the region are and the less the distance from the coast is. That aerosol is transported by the wind towards the continent, and then it is deposited on the concrete surface structures. The chloride that is deposited enters into the concrete by an absorption and ionic diffusion, and may cause the corrosion of the framework. This work aims to measure the concentration of chlorides in the marine aerosol and associate it with the concentration of chloride in the concrete. To do that, five natural exposition point were selected to measure the sea salt airbone, being three of them used to expose the concrete to the environmental aggression. The points are located in the metropolitan region of Vitoria city at 60, 65, 120, 240 and 520 meters away from the sea, being the three farthest ones used to expose the concretes. The chloride measurements found in the marine aerosol was carried out by using the wet candle test. Climate measures were also taken to characterize the region under analyses. The analyzed concretes were modeled on concrete prism test specimens with different traces, varying the relation water/cement: 0,65, 055 e 0,45. After 6 and 20 months, samples of the concretes were taken to determine the chloride tenor. The results indicate a fragile relation between the deposition of chlorides in the atmosphere and the concentration of chlorides in the concrete for the analyzed region. The deposition of chlorides, in its turn, presented low correlation with the rate flow of the winds. Anyway, it is possible to establish a behavior of the environmental aggressiveness according to the obtained determinations.eng
dcterms.creatorBorba Júnior, José Carlos-
dcterms.formatTexteng
dcterms.issued2011-03-25-
dcterms.languageporpor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Engenharia Civilpor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.subject.cnpqEngenharia Civilpor
dc.publisher.courseMestrado em Engenharia Civilpor
dc.contributor.refereeLouzada, Desilvia Machado-
dc.contributor.refereeVieira, Geilma Lima-
dc.contributor.advisor-coMeira, Gibson Rocha-
Aparece nas coleções:PPGEC - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_3950_José Carlos Borba Junior.pdf5.23 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.