Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3963
Título: Estudo do impacto da ampliação de berço e de área de pátio no aumento da capacidade operacional de uma base de apoio offshore
Autor(es): Aguiar, Renato Armani
Orientador: Rosa, Rodrigo de Alvarenga
Data do documento: 30-Ago-2013
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: No cenário competitivo mundial os portos sempre desempenharam um papel de destaque, atuando como elemento propulsor para o desenvolvimento das empresas e das regiões onde estão inseridos. Neste contexto também estão incluídos os portos de apoio offshore que prestam serviços de apoio às unidades marítimas (plataformas e sondas), atuando como elo logístico na cadeia produtiva de óleo e gás. Por sua vez, o setor portuário que, no Brasil passou por um longo período sem investimentos em infraestrutura começa a apresentar as marcas negativas daquele tempo, com o crescimento da demanda por serviços de apoio, as empresas têm sofrido com a escassez de bases portuárias. Logo, o investimento em infraestrutura apresenta-se como uma solução tardia para este anunciado problema e que desponta como fundamental para evitar um apagão logístico offshore. Assim, este estudo tem o objetivo de avaliar o impacto da ampliação da infraestrutura nos indicadores de desempenho utilizados num terminal de apoio offshore. Buscando responder ao objetivo proposto, utilizou-se a ferramenta de simulação a fim de se estudar a melhor opção para o investidor aplicar recursos seja em berços ou no aumento da área de pátio. Os resultados mostram que, embora o senso comum indique que o aumento de berços aumenta a capacidade operacional, neste caso o aumento de área, para o terminal analisado, apresentou melhores resultados operacionais, sendo a melhor opção para investimento em infraestrutura.
In the global competitive landscape ports have always played a prominent role, acting as a driving element for the development of enterprises and regions where they are inserted. In this context also includes the logistics offshore ports who provide support services to maritime units (platforms and rigs), acting as a link in the supply chain logistics of oil and gas. In turn, the port sector in Brazil has undergone a long period without investments in infrastructure begins to show the negative marks that time, with the growth in demand for support services, companies have suffered from the lack of bases port. Therefore, investment in infrastructure is presented as a solution for this late problem and announced that emerges as crucial to avoid a blackout offshore logistics. Thus, this study aims to evaluate the impact of infrastructure expansion in the performance indicators used in a terminal offshore support. Seeking to respond to the proposed objective, was used the simulation tool in order to study the best option for the investor is to invest resources in berths or increasing the patio area. The results show that although the common sense indicate that the increase in operating capacity increases cots, in this case the increase in area for the terminal analysis showed better operating results, and the best option for investment in infrastructure.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3963
Aparece nas coleções:PPGEC - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_6836_Renato Armani Aguiar.pdf1.93 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.