Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3987
Título: Avaliação da função de calibração usada para estimativa da umidade volumétrica de diferentes solos com a técnica de TDR
Autor(es): Gramelich, Josiane da Cruz
Orientador: Bicalho, Kátia Vanessa
Data do documento: 27-Mai-2015
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Objetivo: Esta dissertação avalia o uso de uma sonda que utiliza a técnica da reflectometria no domínio do tempo, conhecida como TDR, para estimativa da umidade volumétrica (θ) de diferentes solos. As vantagens do TDR incluem a possibilidade de determinação de θ do solo através do uso de uma técnica não destrutiva, que permite realizar várias medidas no mesmo local ao longo do tempo. Entretanto, os resultados obtidos pela técnica dependem da calibração adotada, ou seja, a relação entre a constante dielétrica relativa aparente do solo e a sua correspondente umidade volumétrica. Assim, esta pesquisa verifica, através de ensaios de campo e laboratório, a validade do uso da calibração do TDR, conhecida como “Equação Universal”, proposta por Topp et al. (1980) para diferentes tipos de solos e valores de umidades volumétricas. Os solos ensaiados são do grupo barreiras da região litorânea do município de Serra, localizada na Grande Vitória, ES, e apresentam mais de 30% de finos. Foram também ensaiadas microesferas de vidro, utilizadas como solo padrão. Avaliam-se, também, se algumas das equações existentes na bibliografia podem ser utilizadas na calibração dos materiais estudados. Resultados:. Os resultados experimentais mostram que a calibração proposta por Topp et al., (1980) não é aplicável para os solos ensaiados para θ entre 15% e 30%. Porém, no caso das microesferas de vidro, as medidas ficaram dentro do intervalo de incerteza. Somente a equação proposta por Medeiros et al. (2011) apresentou bons resultados para os solos ensaiados. Conclusão: Recomenda-se uma calibração específica para cada tipo de solo utilizado, quando há a necessidade de determinações mais precisas.
Purpose: This dissertation evaluates the use of a probe that uses the technique of time domain reflectometry, known as TDR, to estimate the volumetric water content (θ) of different soils. The TDR advantages include the possibility of determining θ through the use of a non-destructive technique that allows performing severals measurements at the same place over time. However, the results obtained depend on the calibration, meaning the relationship between the apparent relative dielectric constant of the soil and its water content adopted. Thus, this research verifies, through field and laboratory tests, the validity of using the calibration of the TDR, known as "Universal Equation", proposed by Topp et al. (1980) for different soil types and volumetric water content. The tested soils are the barriers group from the city of Serra, located in Vitória, ES, and present more than 30% of fines. Glass microspheres were also tested, used as standard soil. It is also evaluated if some of the existing equation in the literature can be used for calibration of the materials studied. Results: The experimental results show that the calibration proposed by Topp et al., (1980) do not apply for the tested soils for θ between 15% and 30%. However, as for the glass microspheres, the measures were within the range. Only the equation proposed by Medeiros et al. (2011) showed good results for the tested soils. Conclusion: We recommend a specific calibration for each studied soil.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3987
Aparece nas coleções:PPGEC - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_9336_Josiane Gramelich.pdf2.51 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.