Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3999
Título: Modelo matemático para planejamento da atracação de navios de granel considerando o cálculo de prêmio e multa
Autor(es): Vervloet, Hugo Leonardo Louzada
Orientador: Rosa, Rodrigo de Alvarenga
Data do documento: 21-Ago-2015
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: O crescimento da demanda mundial por produtos com custos cada vez menores, está diretamente relacionada à aquisição das matérias primas, independentemente de onde sejam ofertadas, mas que apresentem o menor custo final possível, de modo a viabilizar a competitividade das empresas ao redor do mundo, inclusive no Brasil. Nesse cenário, o comércio mundial utiliza em grande parte o transporte marítimo, e para movimentar essas matérias primas, os portos se tornam cada vez mais exigidos, visto o aumento da representatividade do custo logístico no custo total dos produtos. Navios de carga granel são usualmente contratados sob o contrato Charter Party entre o armador e o embarcador onde é estabelecido um tempo limite de permanência do navio no porto. Caso o navio permaneça abaixo deste tempo, o embarcador recebe um prêmio financeiro e, caso contrário, paga uma multa ao armador. Após a revisão bibliográfica, não foram encontrados artigos sobre o Problema de Alocação de Berços (PAB) que tratassem das questões referentes a prêmio e multa sob a ótica do contrato Charter Party com o objetivo de maximizar o resultado financeiro do embarcador, calculado como prêmio menos multa. Assim, um modelo matemático é proposto para o PAB com considerações sobre Charter Party e, instâncias baseadas no Porto de Tubarão foram desenvolvidas e executadas no CPLEX 12.6. Os resultados mostraram a aplicabilidade do modelo na programação dos navios e também diretrizes para apoiar a negociação deste tipo de contrato.
The growth of world demand for products with ever-lower costs is directly related to the acquisition of raw materials, regardless of where they are offered, but with the lowest final cost possible in order to enable the competitiveness of businesses around the world, including Brazil. In this scenario, almost all traders of the world use maritime transport, and to transport these raw materials, ports are becoming more required since the increased representation of logistics costs in the total cost of the products. Bulk cargo ships are usually contracted under the Charter Party contract between the owner and the shipper and establish a time limit for vessel to stay at port. If the vessel is below this time the shipper receives a financial award and, if not, pay a fine to the owner. After the literature review, no articles were found on the Berth Allocation Problem (BAP) that addressed the issues related to premium and fine from the perspective of Charter Party contract in order to maximize the financial result of the shipper, calculated as a reward less fine. Thus, a mathematical model is proposed for the BAP with consideration of the Charter Party, and instances based in the Port of Tubarão were developed and implemented in CPLEX 12.6. The results showed the applicability of the model in the scheduling of ships and also guidelines to support the negotiation of this type of contract.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3999
Aparece nas coleções:PPGEC - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_9440_Hugo Vervloet.pdf1.03 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.