Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4025
Título: Inspeção visual automática de mamões
Autor(es): Simão, Josemar
Data do documento: 17-Dez-2003
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Este trabalho aborda o desenvolvimento de um sistema capaz de quantificar as dimensões e a maturação de mamões para que esses frutos possam ser inspecionados e classificados quanto ao tamanho e ao grau de maturação. O setor regional de produção e exportação de mamões tem crescido e o uso de um sistema de inspeção visual automático pode contribuir para o aumento da produção e manutenção dos padrões de qualidade exigidos pelos mercados consumidores. Os sistemas de inspeção visual automática, freqüentemente, têm sido uma alternativa aos processos tradicionais de inspeção que usam indivíduos treinados. Os principais motivos são a redução dos custos, o desenvolvimento de novas tecnologias e a garantia do padrão de qualidade na inspeção de 100% dos produtos em um lote. Diferentemente dos seres humanos que se cansam com trabalhos repetitivos e apresentam inconsistência nos critérios de inspeção. A estrutura base do sistema é uma esteira transportadora que cria um fluxo contínuo de frutos e uma câmera de vídeo, posicionada acima dessa esteira, que obtém uma seqüência de imagens. Essas imagens são processadas e analisadas por um computador PC. A primeira etapa de processamento é a conversão das imagens coloridas para imagens binárias de onde são extraídas as dimensões dos frutos. A maturação é quantificada por uma curva de histograma do matiz dos pixels que representam os frutos nas imagens coloridas. A partir de uma base de dados, que representa o conhecimento de especialistas que trabalham na indústria de produção de mamões, as informações obtidas pelas análises das imagens podem ser usadas para classificar os frutos e acionar um mecanismo capaz de separá-los conforme as necessidades. Os resultados obtidos mostraram que um conjunto de hardware simplificado é capaz de avaliar adequadamente as dimensões e o grau de maturação dos frutos apesar do esquema de iluminação utilizado.
This work shows the development of an automatic inspection system for papaya fruits. This system can measure the size and the degree of maturation of the fruits, and classify them accordingly. The regional sector of papaya production and exportation has grown and the use of an automatic visual inspection system can contribute for the production increase and maintenance of the standards of quality demanded by the consuming markets. The automatic visual inspection systems have often been an alternative to the traditional processes of inspection done by trained individuals. The main reasons are costs reduction and the guarantee of the quality standard assured by the inspection of all fruits in a lot. In contrast, human inspectors get tired with repetitive work and present inconsistency in the inspection criteria. The system basic structure is a conveyor belt carrying a continuous flow of fruits and a digital video camera, located above, which gets a sequence of images of the moving fruits. These images are processed and analyzed by a personal computer. The first processing stage is the conversion of color to binary images for fruits dimensions estimation. The maturation is quantified by a hue histogram curve of the fruits in the color images. Comparing with data in a database, that stores the knowledge of experts, the information acquired can be used to classify the fruits and set up a mechanism capable to separates them as necessary. The results had shown that a set of the simple hardware could evaluate the dimensions and the degree of maturation of the fruits despite illumination changes.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4025
Aparece nas coleções:PPGEE - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_2308_Dissertacao Mestrado Josemar Simao.pdf1.28 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.