Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4032
Título: Estudo do sinal eletroencefalográfico (EEG) aplicado a interfaces cérebro computador com uma abordagem de reconhecimento de padrões
Autor(es): Azevedo, Anderson Prado
Orientador: Almeida, Ailson Rosetti de
Salles, Evandro Ottoni Teatini
Data do documento: 6-Set-2005
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: A conjunção de técnicas de processamento de sinais, de reconhecimento de padrões e técnicas de captura de sinais cerebrais torna possível uma nova modalidade de comunicação, antes somente sonhada pela ficção: a Interface Cérebro-Computador (ICC). Tal sistema é capaz de adquirir o sinal cerebral e processá-lo com o intuito de extrair informações que podem ser usadas como um sinal de controle. A ICC pode beneficiar pessoas que sofrem de desordens neuromusculares, as quais provocam a perda da capacidade de movimento voluntário.Tais pessoas poderiam se comunicar, ou até mesmo se mover, usando uma ICC para o controle de equipamentos. Avaliando em um horizonte mais longínquo, estes sistemas poderão ser usados nas mais diversas aplicações, principalmente para fins multimídia. O objetivo desta dissertação é estudar as características do sinal eletroencefalográfico, assim como técnicas de processamento de sinais e de reconhecimento de padrões para uso em uma interface cérebro computador (ICC). Para tanto, será utilizado um banco de dados internacional, a fim de que a eficácia da técnica empregada possa ser avaliada com mais propriedade, comparando-se os resultados alcançados com aqueles obtidos por outros grupos de pesquisa internacionais. Destarte, esta dissertação descreve as características do cérebro humano e do sinal EEG relevantes para o estudo das ICCs, apresenta também as principais características das ICCs existentes e implementa um sistema de reconhecimento de padrões capaz de discriminar a lateralidade da imaginação motora com uma taxa de acerto de superior a 85%, o que no atual estado da arte é um taxa de acertos satisfatória.
The conjunction of signal processing, pattern recognition and brain electrical signal acquisition made possible a new communication modality, until now a subject for science fiction movies: the Brain-Computer Interface (BCI). This complex system can acquire and process the brain signals in order to obtain information to be used as a control signal. This innovation can benefit people who have neuromuscular disorders, which cause damages on the volunteer movement. These people would communicate, or even move, using a BCI to control electronic devices. Looking ahead, these systems can be used in other applications, mainly for multimedia purposes. The purpose of this work is study the EEG characteristics, the signal processing and pattern recognition techniques in order to use in a Brain Computer Interface (BCI) For this, will be used a international data base, in order to compare our results with results of other international groups. In this context, this work describes the human brain and the EEG characteristics relevant to BCI understanding. Moreover, it presents the implementation of a pattern recognition system, which is able to classify the motor imagination laterality with accuracy over 85%.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4032
Aparece nas coleções:PPGEE - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_2344_DissertacaoMestradoAndersonPradoAzevedo.pdf5.47 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.