Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4233
Título: Reengenharia de uma ontologia de processo de software e seu uso para a integração de ferramentas de apoio ao planejamento de projetos
Autor(es): Bringuente, Ana Christina de Oliveira
Orientador: Falbo, Ricardo de Almeida
Data do documento: 23-Ago-2011
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Com o crescimento do interesse na área de integração entre sistemas de software, surgiram abordagens que visam tratar este problema. De maneira geral, a integração de sistemas pode ocorrer em quatro níveis: de hardware, de plataforma, sintático e semântico. No nível semântico, foco deste trabalho, durante o processo de integração, o significado dos componentes envolvidos deve ser o mais claro possível, ou seja, o significado pretendido dos conceitos no esquema de dados, nas assinaturas das operações e dos serviços deve ser explicitado. Neste contexto, uma ontologia de domínio pode ser utilizada para definir uma representação explícita dessa conceituação compartilhada e ser usada como referência durante a integração. Este trabalho aplicou a abordagem OBA-SI, uma abordagem de integração semântica baseada em ontologia, para integrar na camada de dados ferramentas que apoiam o planejamento, controle e acompanhamento de projeto de software. Durante o processo de integração, foi utilizado uma ontologia de processo de software, a SPO (Software Process Ontology) para adicionar semântica aos conceitos das ferramentas envolvidas nesse processo. Para servir adequadamente como um modelo de referência, a SPO passou por um processo de reengenharia baseada na UFO (Unified Foundational Ontology), uma ontologia de fundamentação.
The increasing interest in the area of integration between software systems has promoted the emergence of approaches to address this issue. In general, systems integration can occur at four levels, namely hardware, platform, syntactic and semantic levels. At the semantic level, which is the focus of this work, the meaning of the involved components must be as clear as possible during the integration process. In other words, the intended meaning of concepts in the data schema, operations signatures and services should be made explicit. In this context, a domain ontology can be used to define an explicit representation of this shared conceptualization and as reference during the integration process. This work applies the approach OBA-SI, which is an approach of ontology-based semantic integration, to integrate the data layer of the tools that support the software project planning, control and tracking. During the integration process, a software process ontology (SPO) is used to add semantics to the concepts of the tools involved in this process. In order to suitably serve as a reference model, the SPO has gone through a reengineering process based on UFO (Unified Foundational Ontology).
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4233
Aparece nas coleções:PPGI - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_4162_.pdf933.79 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.