Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4245
Título: VCom: Uma Abordagem para Modelagem de Ambientes Colaborativos
Autor(es): RANGEL, V. G.
Orientador: Cury, D.
Coorientador: Menezes, C. S.
Palavras-chave: Ambientes Virtuais de Aprendizagem
Arquiteturas Pedagógicas
Data do documento: 17-Jan-2011
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: RANGEL, V. G., VCom: Uma Abordagem para Modelagem de Ambientes Colaborativos
Resumo: A primeira geração de aplicações para web foi responsável pela popularização da rede e pelo surgimento dos primeiros grupos de internautas. Nesta época, o conteúdo web era pouco interativo e os sites eram limitados quanto aos aspectos de opções de configuração e interface do sistema. Os usuários eram meros espectadores das ações que aconteciam nas páginas que navegavam, já que não podiam alterar seu conteúdo. Qualquer funcionalidade adicional dependia do trabalho das equipes de programação. Com o advento da Web 2.0, o foco se tornou a construção coletiva do conhecimento. A essência é permitir que os usuários se tornem mais ativos, através não só da participação interativa na geração de conteúdo, como também da criação de comunidades virtuais. Desde então, os internautas vêm se interessando cada vez mais pela construção de ambientes que aproveitem a interatividade, a autoria e a recuperação semântica promovida pela web, além de vários aspectos tecnológicos. Do ponto de vista da informática na educação, notam-se iniciativas na produção de softwares educacionais e ambientes virtuais de apoio à aprendizagem, principalmente com suporte a ferramentas de autoria e interação, como chat, wiki, blog e fórum. As atividades pedagógicas apoiadas por recursos digitais têm evidenciado a carência de flexibilidade em ambientes cuja modelagem é centrada em ferramentas, comprometendo o suporte a diferentes atividades propostas. Este trabalho propõe uma abordagem para modelagem de ambientes colaborativos, por meio da concepção de Veículos de Comunicação. Com esses veículos, deverá ser possível, a indivíduos ou grupos, organizarem e descreverem espaços de trabalho na web pela definição de um conjunto de propriedades estruturais. A validação desta proposta faz-se por meio de um protótipo de um editor de Veículos de Comunicação, que disponibiliza um conjunto de facilidades para projetar veículos sem a necessidade de uso de linguagens de programação textuais.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4245
Aparece nas coleções:PPGI - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_4179_.pdf3.18 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.