Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4317
Título: Reapropriação sustentável da natureza como via possível de reencantamento do mundo
Autor(es): Milanez, Priscila Rocha
Orientador: Vicente, Aline Trigueiro
Data do documento: 14-Out-2011
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: A crise ambiental que assola a contemporaneidade é analisada no presente trabalho como uma emblemática e contundente expressão da crise da modernidade. A trajetória teórica que empreendemos no intuito de compreender a emergência dessa crise parte da noção weberiana de desencantamento do mundo, e se apóia na consideração de que ela é fruto de um modelo específico de racionalidade constituído na modernidade que, como bem aponta Leff (2005), foi fundamentada numa lógica econômica e instrumental que desestruturou o ordenamento ecológico do Planeta. A partir disso, nos propusemos a problematizar reflexivamente novas formas de ressignificação e reapropriação sustentável da natureza que se expressam através práticas contra-hegemônicas de apropriação da mesma e perceber em que medida elas são capazes de constituir como um caminho para o reencantamento do mundo. A noção de reencantamento do mundo, aqui evocada, se define como atribuição de outros sentidos à existência através da ressignificação da relação estabelecida entre seres humanos e a natureza e que se materializam através formas sustentáveis de apropriação da mesma e se fundamentam em novos postulados éticos. Buscamos nos movimentos vegetarianos/veganos o aporte empírico dessa reflexão.
The environmental crisis that plagues the contemporary world is analyzed in this work as an emblematic and convincing expression of the crisis of modernity. The theoretical path we undertake in order to understand this crisis comes from the Weberian notion of disenchantment of the world, and relies on the consideration that it is the result of a particular model of rationality formed in modernity, as pointed by Leff (2005). From this point of view we are able to question reflexively new ways of reframing and sustainable reappropriation of nature that are expressed in nonhegemonic practices of appropriating and realizing just how far they are (or not) as a way to re-enchantment of the world. The notion of re-enchantment of the world, here referred to, is defined as granting the existence of other senses through the redefinition of the relationship between human beings and nature, which are expressed in non-hegemonic forms of appropriation of this resource and are based on new ethical principles . We hope to find in vegetarian/ vegan movements empirical contribution to this reflection.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4317
Aparece nas coleções:PPGCSO - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_5141_DISSERTACAO_PRISCILA_MILANEZ.pdf963.22 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.