Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4374
Título: RESPOSTAS FISIOLOGICAS E BIOQUIMICA DE RHIZOPHORA MANGLI l. E LAGUMCULARIA RACEMOSA GAERTH. À POLUIÇÃO AMBIENTAL NO MANHGUEZAL DO MUNICIPIO DE VITORIA/ES
Autor(es): FALQUETO, A. R.
Orientador: SILVA, D. M.
Coorientador: FIGUEIREDO, S. G.
Palavras-chave: Palavras-chave: Indicadores
Laguncularia racemosa Gaerth

Data do documento: 17-Fev-2005
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: FALQUETO, A. R., RESPOSTAS FISIOLOGICAS E BIOQUIMICA DE RHIZOPHORA MANGLI l. E LAGUMCULARIA RACEMOSA GAERTH. À POLUIÇÃO AMBIENTAL NO MANHGUEZAL DO MUNICIPIO DE VITORIA/ES
Resumo: PIGMENTOS FOTOSSINTÉTICOS EM Rhizophora mangle L. E Laguncularia racemosa GAERTH. COMO INDICADORES DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS NO MANGUEZAL DA ILHA DE VITÓRIA-ES RESUMO Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar os efeitos das alterações ambientais sobre o conteúdo de pigmentos fotossintéticos em plantas jovens de Rhizophora mangle L. e Laguncularia racemosa Gaerth. Os dados foram coletados durante o período de chuva e de seca, em quatro pontos do manguezal de Vitória, ES. Os resultados mostraram maior concentração de clorofila a e de clorofila b nos pontos de maior concentração de poluentes, tanto em R. mangle quanto em L. racemosa. Nenhuma diferença significativa na razão clorofila a/b foi observada entre os pontos e períodos analisados. Entretanto, essa razão mostrou-se fortemente reduzida. A concentração de pigmentos carotenóides foi elevada em R. mangle no ponto 2 nos dois períodos analisados, enquanto em L. racemosa houve variação na concentração desse pigmento nos pontos 2 e 4 somente no período de chuvas. Quando se comparou o conteúdo de pigmentos carotenóides entre o período chuvoso e o período seco, observou-se aumento na síntese desse pigmento acessório em ambas as espécies no período seco. Aumento nas concentrações de clorofila a e b e de pigmentos carotenóides, bem como decréscimos na razão clorofila a/b, representam respostas fisiológicas das plantas a fatores abióticos de estresse, sugerindo o uso potencial dessas características fisiológicas como indicadoras de mudanças ambientais. Palavras-chave: Indicadores; Laguncularia racemosa Gaerth.; Manguezal; Pigmentos fotossintéticos; Rhizophora mangle L.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4374
Aparece nas coleções:PPGBV - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_2663_ANTELMO.pdf566.42 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.