Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4383
Título: Ecofisiologia de um trecho de mata seca de restinga ocorrente no Parque Estadual Paulo César Vinha, Guarapari (ES)
Título(s) alternativo(s): Florística de uma floresta no Parque Estadual Paulo César Vinha, Setiba, município de Guarapari (ES)
Fitossociologia de uma floresta no Parque Estadual Paulo César Vinha, Setiba, município de Guarapari (ES)
Ecofisiologia de um trecho de mata seca de restinga ocorrente no Parque Estadual Paulo César Vinha, Guarapari (ES)
Autor(es): Assis, André Moreira de
Orientador: Thomaz, Luciana Dias
Data do documento: 10-Dez-2004
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: (Florística de um trecho de floresta de restinga no município de Guarapari, Espírito Santo, Brasil).O Parque Estadual Paulo César Vinha (PEPCV), em Setiba, município de Guarapari (ES), apesar de ser Unidade de Conservação em restinga com vários trabalhos desenvolvidos, apresenta lacunas quanto à composição florística de algumas comunidades vegetais. Durante o período de 1997 a 2000 foram realizadas coletas através de caminhadas em um trecho de floresta sobre os primeiros cordões no PEPCV, englobando cerca de quatro hectares, sendo incluídos espécimens de diferentes hábitos. Foram inventariadas 172 espécies pertencentes à 54 famílias, sendo Myrtaceae (25), Bromeliaceae (14), Orchidaceae (13), Sapotaceae (10), Lauraceae (07), e Rubiaceae (07) aquelas de maior riqueza. O padrão de distribuição geográfica mais frequente, segundo informaçõesde literatura, foi o de espécies da costa atlântica, seguido por aquelas com ampla distribuição e com ocorrência na costa atlântica e centro do Brasil, além das disjuntas e das endêmicas ao Estado do Espírito Santo. A similaridade florística entre a floresta estudada e outros trechos litorâneos, demonstra que os índices estão relacionados com a distância geográfica entre as áreas. A presença de espécie endêmica ao Parque e outras ameaçadas de extinção reforça seu caráter conservacionista, devendo servir como incentivo para a criação de outras Unidades de Conservação nas restingas do Estado do Espírito Santo
(Floristic survey of a restinga forest in Guarapari, Espirito Santo State, Brazil). The Paulo César Vinha State Park in Setiba, Guarapari Municipality (ES) is the best studied of all restinga conservation units in the state of Espírito Santo. But there is still much to be learned concerning the flora of some of the plant communities found here. From 1997 to 2000, plants were collected on random walks through approximately 4 hectares of forest that covers the outer beach ridges of the PCVSP. A total of 172 species were surveyed belonging to 54 families. The most species-rich families are Myrtaceae (25 spp.), Bromeliaceae (14), Orchidaceae (13), Sapotaceae (10), Lauraceae (07) and Rubiaceae (07).The most common geographic distribution pattern, based on the literature, was that of Atlantic coast species, followed by widespread species, speciesfound on both the Atlantic coast and in central Brazil, disjunct species and those endemic to Espírito Santo. Floristic similarity with other coastal areas is directly related to the distance between these areas. The presence of endemic and threatened species in the neighborhood of the Park reinforces the need for effective conservation of this area and provides the incentive to create other conservation units in the restingas of Espírito Santo state
(Fitossociologia de uma floresta de restinga no Parque Estadual Paulo César Vinha, Setiba, município de Guarapari, ES). A vegetação de um trecho da floresta de restinga no Parque Estadual Paulo César Vinha (PEPCV), Setiba, município de Guarapari (ES) foi amostrada através de 100 parcelas de 10 x 10m cada, plotadas em quatro linhas perpendiculares ao mar. Foram inventariados 2.106 indivíduos (DAP  4,8cm), fornecendo uma área basal de 27,52 m2 .ha-1 e diversidade (H') de 3,73 nats, excetuando os 67 mortos em pé. Segundo valores decrescentes de importância (VI), destacaram-se as famílias Myrtaceae, Sapotaceae, Annonaceae, Bombacaceae e Meliaceae, e as espécies Pouteria coelomatica, Myrciaria floribunda, Oxandra nitida, Chrysophyllum lucentifolium e Aspidosperma parvifolium. A floresta apresenta variações estruturais e florísticas no gradiente marcontinente, com formação de três grupos dissimilares de espécies. Ocorrência exclusiva de espécies nos grupos e diferenças entre os principais táxons de cada grupo, evidenciam uma zonação. Propõe-se o termo geral “formação florestal não inundável” para esta comunidade, frente aos tradicionais “Mata de Myrtaceae" e "Mata Seca”, uma vez que a composição de suas principais famílias e espécies não permite separá-las de acordo com os critérios de classificação destas comunidades.
(Phytosociology of a restinga forest in the Paulo César Vinha State Park, Setiba, Guarapari, Espírito Santo). The vegetation structure of a restinga forest in the Paulo César Vinha State Park (PCVSP), Setiba, Guarapari Municipality (ES) was studied using 100 sampling plots (10 x 10m) in four transects perpendicular to the coastline. A total of 2,106 trees (dbh  4.8cm) were sampled and total basal area was 27.52 m2 .ha-1 and species diversity (H') was 3.73 nats (67 dead standing trees were not included). Based on decreasing importance values (VI), the following families and species outstanded: Myrtaceae, Sapotaceae, Annonaceae, Bombacaceae, and Meliaceae; Pouteria coelomatica, Myrciaria floribunda, Oxandra nitida, Chrysophyllum lucentifolium and Aspidosperma parvifolium. Forest structure and species composition vary on the gradient from the ocean landward, forming three dissimilar species groups. Some species were found only in one of these groups and species dominance also differed zonally. It is proposed that the studied community is called “non-flooded forest formation” instead of the traditionally "Myrtaceae forest" or "dry forest", since family and species composition do not allow a more detailed classification.
- (Ecofisiologia de um trecho de mata seca de restinga ocorrente no Parque Estadual Paulo César Vinha, Guarapari, ES). São propostas algumas hipóteses para explicar a distribuição das principais espécies arbóreas da floresta de restinga no Parque Estadual Paulo César Vinha que formaram dois agrupamentos de acordo com a distância do mar. As propriedades químicas do solo, sobretudo a concentração de sódio contribuíram para o estabelecimento do padrão de distribuição das espécies, embora outros aspectos como o microclima e efeitos alelopáticos devam ser melhor estudados para verificar a ação desses mecanismos na estrutura da floresta
(Ecophysiology of a forest in the sandy coastal plain of Paulo César Vinha State Park, Setiba, municipality of Guarapari, ES, southeastern Brazil). We propose some hypotheses to explain the distribution of the main arboreal species of a forest in the sandy coastal plain of Paulo César Vinha State Park. These species formed two groups in agreement with the distance of the sea. The chemical properties of the soil, above all the concentration of sodium contributed to the establishment of the pattern of distribution of the species, although other aspects as the microclimate and alelopatic effects should be studied better to verify the action of those mechanisms in the structure of the forest.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4383
Aparece nas coleções:PPGBV - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_2676_Dissertação - ANDRÉ MOREIRA DE ASSIS.pdf1.23 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.