Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4389
Título: OS FRÁGEIS GALHOS DOS CAFEZAIS E A MODERNIZAÇÃO EMERGENTE -A gestão governamental de Jones dos Santos Neves.
Autor(es): BARCELOS, L. C. G.
Orientador: MIRANDA, C. L.
Data do documento: 21-Mai-2010
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: BARCELOS, L. C. G., OS FRÁGEIS GALHOS DOS CAFEZAIS E A MODERNIZAÇÃO EMERGENTE -A gestão governamental de Jones dos Santos Neves.
Resumo: Pretendeu-se, por meio desta pesquisa, examinar a gestão governamental de Jones dos Santos Neves no Estado do Espírito Santo, no período compreendido entre 1951 e 1955, no que concerne ao planejamento de políticas públicas, desde a hierarquização de prioridades de investimentos até a implementação dessas políticas. Além disso, buscou-se também analisar os desdobramentos dessas ações no território do município de Vitória, capital do estado, bem como nos municípios que com ela mantinham relações socioeconômicas. As políticas públicas implementadas por Santos Neves no estado apresentaram um caráter desenvolvimentista com ênfase na industrialização, o que distinguiu essa gestão governamental, em particular, das duas gestões estaduais imediatamente anteriores e da gestão posterior ao período em estudo. Tais ações de governo representaram um marco para o desenvolvimento econômico do estado do Espírito Santo. Importa ressaltar a ocorrência de uma significativa alteração espacial no território da capital do estado, decorrente de uma das ações de Santos Neves: a realização de aterros resultou na incorporação de novos espaços urbanos em Vitória a Esplanada da Capixaba e as novas áreas dos bairros de Bento Ferreira e Ilha de Santa Maria. Observou-se também, que os investimentos efetuados em geração de energia, importação de petróleo e infra-estrutura de transportes promoveram um fortalecimento do corredor de exportação formado pela ferrovia Vitória Minas e o cais comercial de Vitória, intensificando os fluxos comerciais entre a capital e os demais municípios do interior do estado, e resultando na dinamização do processo de urbanização da capital. Sob essa ótica, buscou-se analisar o modelo de gestão adotado por Santos Neves e o desdobramento de suas ações no âmbito econômico, social e político, no período em estudo. Palavras-chave: gestão governamental, urbanismo, Jones dos Santos Neves.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4389
Aparece nas coleções:PPGAU - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_3884_luciana.PDF3.22 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.