Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4397
Título: Territórios da Mobilidade Urbana na Metrópole Portuária na Grande Vitória (ES): escalas, velocidades e conflitos.
Autor(es): CRUZ, P. S.
Orientador: CAMPOS, M. M.
Data do documento: 29-Set-2010
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: CRUZ, P. S., Territórios da Mobilidade Urbana na Metrópole Portuária na Grande Vitória (ES): escalas, velocidades e conflitos.
Resumo: Reconhecida a crise da mobilidade urbana no Brasil, interessa a este trabalho apresentar a interdependência entre o porto e a metrópole portuária da Grande Vitória, aquele como catalizador de investimentos em infraestrutura de transporte e esta como suporte às demandas físicas e urbanas que atendam à população envolvida na atividade portuária. Novas formas de ocupação urbana estão associadas à conectividade territorial, que por sua vez está relacionada à complexa relação entre velocidades e escalas interagentes nos territórios metropolitanos portuários. Por um lado, observa-se que a redução das velocidades nos eixos de escoamento de carga que cruzam áreas urbanas está entre as dificuldades enfrentadas pelas cadeias logísticas. Por outro, o aumento das velocidades nos principais eixos viários urbanos, em função das necessidades do transporte de cargas traz transtornos para a circulação urbana, participando do processo de segregação e degradação espacial. Estes conflitos apresentam desdobramentos diretos na conformação urbana, seja na divisão das funções ou na ocupação e forma de uso dos espaços físicos que fazem parte dos territórios metropolitanos. Os espaços destinados ao processamento, movimentação e deslocamento das cargas portuárias estão vinculados à dominância da lógica econômica do comércio exterior e das grandes empresas multinacionais e aos espaços de produção flexível, com autonomia da circulação. A partir desta constatação, este trabalho visa problematizar, no contexto da Grande Vitória, a questão sobre a infraestrutura de transporte portuário como promotora da integração dos transportes de cargas e de cadeias logísticas complexas e suas relações com a mobilidade urbanas e as dinâmicas metropolitanas emergentes.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4397
Aparece nas coleções:PPGAU - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_4131_PATRICIA_STELZER final.pdf15.25 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.