Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4426
Título: Pontes da Passagem : por uma fenomenologia do lugar
Autor(es): Marchi, Ligia Betim
Orientador: Esteves Junior, Milton
Data do documento: 5-Mai-2014
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: MARCHI, Ligia Betim. Pontes da Passagem: por uma fenomenologia do lugar. 2015. 117 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Federal do Espírito Santo, Centro de Artes.
Resumo: Visto a complexidade das cidades, entendidas como fenômeno que reúnem outros fenômenos, há a necessidade de um método de investigação que não abdique da aproximação ao mundo da vivência cotidiana, com toda a sua subjetividade inerente. A validade desse método está na possibilidade de alimentar os processos de planejamento e projeto com informações que deem condições para a produção de lugares no ambiente urbano, lugares que estejam sujeitos à realização do habitar, e que não sejam agentes da alienação à cidade. Para isso foi utilizada a Fenomenologia, porém numa perspectiva voltada ao campo da Arquitetura e do Urbanismo, aqui denominada Fenomenologia Experimental. Os termos e conceitos utilizados, inclusive o conceito de Lugar, estão relacionados ao campo da Fenomenologia. As pontes urbanas foram definidas para a verificação da validade do método, pois se considera que sejam lugares ricos de indícios sobre a forma como o homem ocupa a cidade. A atividade de investigação ocorreu na Nova Ponte da Passagem, na cidade de Vitória, Espírito Santo, Brasil. Constatou-se que o método de investigação resultou na obtenção de rico material de referência sobre as relações entre os sujeitos e o lugar, contribuindo assim para o entendimento mais profundo dessas relações. Concluiu-se, portanto, pela viabilidade da sua utilização no contexto dos processos de planejamento e projeto das cidades.
Seen the complexity of cities, understood as a phenomenon that gathers other phenomena, there is a need for a method of investigation that does not waive the approach of the world of daily life, with all its inherent subjectivity. The validity of this method consists to feed the processes of planning and design with information that gives conditions for the production of places that are subject to realization of dwelling, not places of alienation from the city. For this, the Phenomenology was used, however focused on the field of Architecture and Urbanism, here referred as Experimental Phenomenology. The terms and concepts used, including the concept of place, are related to the field of Phenomenology. Urban Bridges were defined for verifying the validity of the method, once they are considered to be places with plenty of clues about how men occupy the city. The research activity occurred in the place of Ponte da Passagem in the city of Vitória, Espírito Santo, Brazil. It was verified that the method helps to obtain information that favor deeper understanding of the relationships between the person and the place. It was concluded, therefore, by the practicability of its use in the context of the processes of planning and design of cities.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4426
Aparece nas coleções:PPGAU - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_7709_Ligia_Betim_Marchi20150602-95510.pdf20.2 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.