Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4436
Título: Multiplicidade : o lugar da habitação nas intervenções em áreas centrais
Autor(es): Trindade, Fernanda Cota
Orientador: Campos, Martha Machado
Palavras-chave: Intervenção arquitetônica
Data do documento: 30-Mar-2015
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: TRINDADE, Fernanda Cota. Multiplicidade: o lugar da habitação nas intervenções em áreas centrais. 2015. 152 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Federal do Espírito Santo, Centro de Artes.
Resumo: Os processos de urbanização da maioria das cidades brasileiras são fortemente marcados pela segregação socioespacial, influenciando diretamente no modo de distribuição da habitação no espaço urbano. A especulação imobiliária, as políticas habitacionais ineficazes, e mais recentemente, os programas de reabilitação das áreas centrais têm contribuído para a continuidade desses processos nas cidades. O centro da cidade, ambiente socialmente e culturalmente produzido e modificado pelos meios de produção vigentes de cada tempo da história é carregado de símbolos e significados, que conferem a ele papel importante na formação da memória coletiva e identidade dos cidadãos. Atualmente, as áreas centrais das cidades brasileiras são frequentemente caracterizadas como subutilizadas, decadentes, degradadas e alvo de programas de reabilitação/ requalificação/ revitalização, que ao menos em seus discursos, intencionam trazer de volta a vida urbana desse lugar, no entanto, sua transformação em centros turísticos, culturais ou comerciais, aumenta a atratividade dos seus imóveis para o mercado imobiliário, dificulta o acesso das classes menos privilegiadas, passando a assumir um caráter segregacionista. Como um dos pilares que tem se mostrado positivo nos processos de reabilitação de áreas centrais estão as políticas de habitação. Diante do pressuposto que a questão da habitação engloba o direito à infraestrutura urbana, saneamento ambiental, mobilidade urbana, transporte coletivo, equipamentos urbanos e sociais, entre demais direitos urbanos, este estudo volta sua abordagem para políticas municipais de habitação para a área central de Vitória-ES. Reconhecida como centralidade mais remota da capital capixaba, trata-se de área com estrutura urbanística complexa e distintos significados - simbólico, cultural, socioeconômico, e sobretudo político, de alcance metropolitano, que engloba o centro principal tradicional da cidade de Vitória e áreas adjacentes. Com o estudo da área central de Vitória e das diretrizes presentes nas políticas, planos e programas do município, foi possível constatar que a área central da cidade de Vitória está apta a receber o uso residencial, que este é de suma importância para a manutenção dos outros usos existentes e da vitalidade do lugar. Palavras-chave: Área central de Vitória; Intervenção; Habitação; Políticas Urbanas.
Most of Brazilian cities urbanization processes are strongly define by social and spatial segregation, which can influence directly in the way that habitation locates in the urban space. The real estate speculation, the ineffective habitation’s politics, and more recently, the downtown’s rehabilitation processes has been adding a lot to the cities peripherization. The downtown has a lot of symbols and meanings. It’s an environment socially and culturally produced and modified by the social productions of each time. These modifications make the downtown unique and give it an important role in the collective memory and citizens identities. Currentlly, the downtown’s of Brazilian cities are characterized as underutilized, decadent and degraded. These are often the subject of rehabilitation/requalification/revitalization processes, that search, in his speech, for the return of downtown’s urban life. However, when theses areas become tourist or cultural or commercial centers, it increases the building’s value to the real estate market and, as a consequence, excludes the poor of this area. This way, the rehabilitation becomes a segregation process. One of the positives aspects of rehabilitation process is the habitation politics. On the assumption that the habitation has urban rights such as infrastructure, environmental sanitation, mobility, mass transit, urban and social equipments. In all the studies of urban rights, this research focuses on Vitoria’s Downtown habitation politics. Known as the first capixaba’s capital centrality, this area has an urban structure very complex and with a lot of different meanings – symbolic, cultural, social-economics, and mostly political. This area of metropolitan and state reach, includes the Vitória's downtown and adjacent areas. In this research of Vitoria’s Downtown and the municipal politics, plans and programs guidelines, it was able to verify that Vitoria’s Downtown can receive residential use. This use is very important so this area can maintain the other existents uses and downtown’s vitality.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4436
Aparece nas coleções:PPGAU - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_8743_Fernanda Cota.pdf10.95 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.