Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4578
Título: POTENCIALIZAÇÃO DO EFEITO PROTETOR E DA MEMÓRIA IMUNOLÓGICA PELA UTILIZAÇÃO DO ADJUVANTE CAF01 ASSOCIADO A ANTÍGENOS TOTAIS DE Leishmania amazonensis (LaAg) PELA VIA INTRANASAL CONTRA A LEISHMANIOSE VISCERAL MURINA
Autor(es): LEAL, J. M.
Orientador: GOMES, D. C. O.
Palavras-chave: L
chagasi
imunização intranasal
LaAg
CAF
resposta imune
Data do documento: 11-Jul-2014
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: LEAL, J. M., POTENCIALIZAÇÃO DO EFEITO PROTETOR E DA MEMÓRIA IMUNOLÓGICA PELA UTILIZAÇÃO DO ADJUVANTE CAF01 ASSOCIADO A ANTÍGENOS TOTAIS DE Leishmania amazonensis (LaAg) PELA VIA INTRANASAL CONTRA A LEISHMANIOSE VISCERAL MURINA
Resumo: O dimetil dioctadecil amônio (DDA) é um composto quaternário de amônio, formado por um lípido anfifílico sintético ligado a duas cadeias hidrofóbicas de alquilo de 18 carbonos, que mostrou efetivo efeito adjuvante, promovendo respostas imunes humoral e celular contra diversos agentes patogênicos, incluindo Mycobacterium tuberculosis e Chlamydia trachomatis. Neste presente trabalho, nós investigamos a capacidade do adjuvante CAF associado a antígenos totais de Leishmania amazonenses (LaAg) em induzir respostas imunogênicas e protetoras no desafio contra L. chagasi. Assim, camundongos BALB/c foram imunizados por via intranasal com 25 mg de LaAg livre ou associado a 150 mg de CAF em 2 doses intervaladas por 15 dias. A dosagem de transaminases e creatinina no soro dos animais demonstraram a biocompatibilidade e segurança da associação LaAg/CAF. Além disso, observamos significativas produções de IFN-g e NO por esplenócitos estimulados com antígenos do parasito, além de significativas respostas linfoproliferativas e maior percentagem de células de memória (TCD4+ CD44+ CD62L+). Níveis aumentados de IgG total e das subclasses específicas (IgG1 e IgG2a) também foram observadas no grupo vacinado com LaAg associado ao CAF, quando comparado aos controles. De forma semelhante, camundongos vacinados com a formulação e desafiados 15 dias após o reforço com L. chagasi, apresentaram uma significativa diminuição da carga parasitária no baço e fígado, associada a uma maior produção de IFN-g, respostas linfoproliferativas significativamente aumentadas. Juntos, nossos dados demonstraram pela primeira vez viabilidade da vacinação intranasal com LaAg associado ao CAF, como um efetivo mecanismo para a vacinação contra a leishmaniose visceral. Palavras chave: L. chagasi, imunização intranasal, LaAg, CAF, resposta imune.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4578
Aparece nas coleções:PPGDI - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_7846_DISSERTAÇÃO FINAL - CORREÇÕES + Ficha + Parecer _Reparado_2.pdf1.71 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.