Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4639
Título: Caracterização química inorgânica de rejeitos segregados de serragem de rochas ornamentais do Espírito Santo
Autor(es): Freitas, José Júlio Garcia de
Orientador: Jesus, Honério Coutinho de
Data do documento: 8-Ago-2008
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Os resíduos industriais de rochas ornamentais estão em destaque devido ao enorme impacto ambiental gerado, pois grandes volumes desse material são gerados diariamente na serragem dos blocos rochosos. No gerenciamento de resíduos, a caracterização é etapa importante e que norteia atitudes a serem tomadas na destinação dos mesmos. O presente trabalho buscou uma caracterização química inorgânica de resíduos de serragem do setor de rochas ornamentais, partindo de uma amostragem segregada, que consistiu na coleta de amostras diretamente no descarte dos teares de serragem, após o hidrociclone do mesmo e antes de serem misturadas no tanque de efluentes. Para cada amostra coletada foram obtidos em laboratório os valores de pH, teor de umidade, teor de sólidos úmidos e secos. As amostras foram submetidas aos ensaios de solubilização e lixiviação, conforme a série de normas para resíduos sólidos NBR 10.004, 10005, 10.006 e 10.007, ambas de 2004, da ABNT. Os resíduos segregados também foram submetidos ao ensaio de abertura total para determinação de alguns metais de interesse. Os extratos gerados nos ensaios de lixiviação, solubilização e abertura total foram analisados pela técnica de absorção atômica (F AAS e GF AAS) para determinação de alguns metais de interesse. Para algumas amostras estudadas foi realizada a análise difratométrica de Raios-X para investigação da composição mineralógica do material segregado, e gerar possíveis correlações com os extratos obtidos após teste de solubilização e lixiviação. Também foram realizadas algumas análises térmicas (TG e DTG) com o objetivo de avaliar possíveis interações dos insumos utilizados com o pó de algumas das rochas serradas. Em relação aos resíduos verificou-se a possibilidade de previsão do volume gerado de lama abrasiva através do dimensionamento da quantidade de insumos utilizados e volume de rochas processadas. O processo de corte de granito apresentou-se uniforme com relação ao consumo de água (44,3% ± 6,0), contudo mais dispendioso do que o mesmo processo para mármores devido ao maior consumo de insumos aliado à maior dureza dos granitos. vii Os resultados da TG e DTG demonstraram-se coerentes em relação à quantidade do insumo CaO durante o processo de serragem, representando 0,5 a 1,2% da massa total das amostras. Verificou-se através das boas correlações obtidas entre Cr total e Al solubilizado com o pH original das amostras, uma solubilização acentuada desses metais em função do elevado pH das amostras originais. Pôde-se comprovar através da difratometria de Raios-X, a presença majoritária de Al nos minerais componentes das rochas e a razão da tonalidade escura (biotita) de algumas rochas-mãe geradoras das amostras PSG, PF, PA e VP. Tal eficácia não se repetiu na investigação do possível mineral gerador do Cr solubilizado nas amostras ASF, AI e ASC. Em relação ao material carbonático, confirmou-se nos difratogramas a presença de Ca,MgCO3, CaMg(CO3)2 e CaCO3. Através das análises de pH e determinação de metais (Na, Cr, Al, Cd, Pb, Mn, Zn, Fe, Cu, Ca e As) pela técnica de absorção atômica nos extratos obtidos, pôde-se classificar amostras como perigosas (Classe I) (pH > 12,5) (ASF, AI, PA, OITA, ASC e JG) Classe IIA (não perigoso e não inerte) (CA e PSG) e Classe IIB (não perigoso e inerte)(CC, GN, PVC, BR, MBC e SMO)
Industrial wastes of ornamental rocks are in prominence due to the enormous environmental impact generated as result of the large volumes of material generated from sawdust of rock blocks. In waste management, the characterization stage is important and that guides attitudes to be taken in the destination. The present work whished an inorganic chemical characterization of residue from ornamental stones sector sawdust, sampling from a segregated, which was the collection of samples directly at the disposal of sawdust looms, after the hydrocyclone of it and before being mixed in the tank sewage. For each sample collected were obtained in the laboratory values of pH analysis, moisture content, solid content of wet and dry. The samples were subjected to tests of solubilization and leaching, as the series of standards methods for solid waste NBR 10,004, 10,005, 10,006 and 10,007, both from 2004, by ABNT. The segregated wastes were also subjected to the test for total dissolution for determination of some metals of interest. The extracts generated in the test for leaching, solubilization and total dissolution were analyzed by the technique of atomic absorption (F-AAS and GF-AAS) for determination of some metals of interest. For some samples was performed the analysis X-ray diffraction to research the mineralogical composition of the material segregated, and generate possible correlations with the extracts obtained after solubilization and leaching test. There were also conducted some thermal analysis (TG and DTG) with the aim of evaluating possible interactions of the materials inputs used with the powder of some of the rocks sawn. For wastes there was the possibility of forecasting the volume of sludge generated by the abrasive size of the quantity of materials used and volume of rock processed. The process of cutting granite presented uniform water consumption (44,3% ± 6,0), however it was more expensive than the same process for marbles because of the higher consumption of input materials related to the greater hardness of the granite. The TG and DTG showed consistent results on the amount of input CaO during the process of sawing, representing (0,5-1,2)% of the samples. A great solubilization of these metals was found through good correlations obtained between total Cr and Al in terms of the high pH values of the original samples. It was proved through the X-ray diffraction, the presence of Al in major mineral components of rocks and the reason for the dark tone (biotite) from some mother- ix generating rock samples PSG, PF, PA and VP. This efficiency was not repeated in investigating the possible generator of Cr soluble minerals in the samples ASF, AI and ASC. For the material carbonates, it was confirmed in the diffraction graph, the presence of Ca,MgCO3, CaMg(CO3)2 and CaCO3. Through pH analysis and metals determination (Na, Cr, Al, Cd, Pb, Mn, Zn, Fe, Cu, Ca and As) by the technique of atomic absorption in the extracts obtained, it could be classified as dangerous samples (Class I) (pH> 12.5) (ASF, AI, PA, OITA, ASC and JG) Class II (not dangerous and not inert) (CA and PSG) and Class B (not dangerous but inert) (CC, GN, PVC, BR, MBC and SMO).
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4639
Aparece nas coleções:PPGQUI - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_2595_José júlio Garcia de Freitas.pdf20.71 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.