Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4663
Título: Implantação e otimização de uma unidade manual de destilação a vácuo de petróleos no LabPetro/UFES
Autor(es): Malacarne, Majorie Mara
Orientador: Castro, Eustáquio Vinicius Ribeiro de
Palavras-chave: Destilação
Vácuo
PEV
ASTM D 5236
Petróleo
Ponto de ebulição verdadeiro
Data do documento: 20-Abr-2011
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Um importante processo que vem se destacando nos últimos anos no cenário da avaliação e do processamento do petróleo é a destilação a vácuo, na qual são gerados como produtos principais os gasóleos leve e pesado e o resíduo de vácuo. Esta destilação é em parte responsável pela adequação da produção de derivados de petróleo às demandas do mercado, visto que seus produtos são utilizados como carga para outros importantes processos da cadeia do refino, a exemplo dos craqueamentos térmicos e catalíticos. A porcentagem de destilados a vácuo é de grande importância do ponto de vista do planejamento e controle da produção, pois se o mercado necessita, por exemplo, de gasolina, cerca de 40 a 50% dos gasóleos gerados nesse processo podem ser convertidos neste produto por craqueamento. Qualquer melhoria na eficiência de um determinado processo em uma refinaria de petróleo, por menor que seja, pode representar uma significativa economia ou um aumento da produtividade. No caso em particular das torres de destilação a vácuo, se for possível um aumento na temperatura de alimentação, por exemplo, é possível aumentar a quantidade vaporizada do resíduo atmosférico, minimizando o resíduo da torre e aumentando a quantidade de gasóleo produzida. Com isso destaca-se a importância de pesquisas nesta área. Nesse sentido, o objetivo deste trabalho foi a montagem e implementação de um sistema manual de destilação a vácuo de petróleo no LabPetro/UFES, que opere em conformidade com a norma ASTM D 5236. Para tal foram destiladas 6 amostras de óleos com uma ampla variação de °API, sendo que para 3 delas a curva PEV havia sido previamente fornecida pelo CENPES/PETROBRAS e foram utilizadas como referência para comparação. Os resultados obtidos mostraram uma concordância entre as curvas PEV obtidas no LabPetro e no CENPES/PETROBRAS, a qual foi confirmada pelautilização de testes estatísticos. Dessa forma, garantiu-se o correto funcionamento da unidade montada. O método do picnômetro manual, estabelecido pela norma ASTM D 70, mostrou-se um método simples e preciso para determinação das densidades de resíduos de destilações a vácuo de petróleos.
An important process that has been increasing in recent years in the oil avaliation and processing scenario is the vacuum distillation in which light and heavy gas oils and vacuum residue are generated as main products. This process is partly responsible for the adequacy of oil production to market demands since its products are used as feed for other important processes in the refining area, as thermal and catalytic cracking. The vacuum distillates percentage has a great importance from the standpoint of planning and production control, because if the market needs, for example, gasoline, about 40 to 50 % of gas oils from this process can be converted for this product by cracking. Any improvement in the efficiency of an oil refinery process may represent a significant savings or productivity increasing. In the particular case of vacuum distillation towers, if it is possible to increase the feed temperature, for example, the amount of vaporized atmospheric residue can also be increased; minimizing the vacuum reduced crude bottoms and increasing the amount of gas oil produced. It highlights the importance of researches in this area. Thus, this work aimed to assemble and implement a manual system of vacuum distillation of oil in LabPetro/UFES, operating in accordance with ASTM D 5236 standard. For such six oil samples with a wide API degree range were distilled, in which 3 had a known True Boiling Point curve provided by CENPES/PETROBRAS. These curves were used as reference in order to compare the data obtained by both laboratories. The results showed an agreement between the TBP curves from the distillations at LabPetro and CENPES, which was confirmed by using statistical tests. Therefore, it was assured the correct functioning of the assembled unit. The method of manual pycnometer, established by ASTM D 70, was a simple and accurate method for determining the density of petroleum vacuum distillation residues
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4663
Aparece nas coleções:PPGQUI - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_4753_.pdf3.3 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.