Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4833
Título: Variabilidade espacial de atributos de um Argissolo Vermelho-Amarelo sob pastagem e vegetação nativa na Bacia Hidrográfica do Itapemirim.
Autor(es): Sathler, Marco Antonio
Orientador: Lima, Julião Soares de Souza
Coorientador: Passos, Ribeiro Renato
Data do documento: 17-Fev-2006
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: SATTLER, Marcos Antonio, Variabilidade espacial de atributos de um Argissolo Vermelho-Amarelo sob pastagem e vegetação nativa na Bacia Hidrográfica do Itapemirim. 2006. 98 f. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal, Universidade Federal do Espírito Santo, Alegre, 2006.
Resumo: Nas áreas rurais da Bacia Hidrográfica do Itapemirim predominam as pastagens. Estas áreas apresentam sinais de erosão e distúrbios de ordem física em diversos níveis, onde sistemas de manejos inadequados às condições de relevo fortemente acidentado contribuem para alterações significativas de atributos do solo. O objetivo do presente trabalho foi verificar o comportamento dos atributos: densidade do solo, volume total de poros, macro e microporosidade, resistência mecânica do solo à penetração, frações granulométricas (areia, silte e argila), carbono orgânico total, umidade do solo, argila dispersa em água e grau de floculação, em uma área sob pastagem comparativamente a outra sob vegetação nativa da Mata Atlântica, utilizando-se procedimentos de estatística clássica e geoestatística. Utilizou-se uma malha quadrada, composta de 64 pontos amostrais para a coleta dos dados, na profundidade de 0 a 0,20 m. As avaliações, utilizando-se a estatística clássica, consistiram em análise descritiva dos dados e suas correlações, análise descritiva espacial através de gráficos Posplot e da interpretação do efeito proporcional entre a média e o desvio padrão. A análise da variabilidade espacial foi feita a partir de semivariogramas escalonados, utilizando-se a krigagem ordinária para realizar estimativas em locais não amostrados, quando comprovado a dependência espacial. Os resultados mostraram que: a) a utilização de técnicas da geoestatística possibilitou a análise espacial dos atributos físicos do solo sob pastagem e vegetação nativa, favorecendo seu detalhamento e a melhoria do diagnóstico; b) os valores médios dos atributos Ds, VTP, MaP, COT e das frações granulométricas apresentaram diferença significativa em relação as duas formas de uso, excetuando-se os atributos AF e MiP; c) houve correlação significativa entre a altitude (cotas) dos pontos amostrados com os atributos VTP, MiP, RP, AT, Sil, U e COT na área sob pastagem e com os atributos VTP, MiP, Ds, RP, Arg, AF, AG, AT, U, COT, GF e ADA na área sob vegetação nativa; d) os atributos do solo apresentam estrutura de dependência espacial com grau de dependência forte ou moderada, excetuando-se a MaP, RP e AF na pastagem e MaP, Sil e COT na área sob vegetação nativa; e) as frações granulométricas na área de vegetação nativa apresentam dependência espacial entre as amostras, com exceção para o silte. Na a área de pastagem, a exceção é para areia grossa, areia total e silte, indicando capacidade infinita de dispersão na área de estudo, sugerindo influência direta da forma de uso do solo.
In the rural areas of the Itapemirim River watershed the pastures prevail. These areas present erosion signs and disturbances of physical order in several levels, where inadequate handling systems to the relief conditions strongly uneven contribute to significant alterations of attributes of the soil. The objective of the present work was to verify the behavior of the attributes: density of the soil, total porosity, microporosity, macroporosity, mechanical resistance of the soil to the penetration, particle size fraction (sand, clay and silt) total organic carbon, humidity of the soil, clay disperses in water and degree floculation, in an area under pasture comparatively the other under native vegetation of Atlantic forest, being used procedures of classic statistic and geostatistic. A square mesh was used, composed of 64 points of sample for the data collection, in the depth from 0 to 0,20 m. The evaluations being used the classic statistic, consisted of descriptive analysis of the data and their correlations, space descriptive analysis through graphs Posplot and the interpretation of the proportional effect between the average and the standard deviation. The analysis of the spatial variability was made starting from assigned semivariograms, being used the ordinary kriging to accomplish estimates in places without sample, when proven the spatial dependence. The results showed that: a) the use of geostatistic techniques made possible the spatial analysis of the physical attributes of the soil under pasture and native vegetation, favoring its detail and the improvement of the diagnosis; b) the medium values of the attributes Ds, VTP, MaP, COT and of the particle size fraction presented significant difference in relation to the two use forms, being excepted the attributes AF and MiP; c) there was significant correlation among the altitude of the points of samples with attributes VTP, MiP, RP, AT, Sil, U and COT in the area under pasture and with the attributes VTP, MiP, Ds, RP, Arg, AF, AG, AT, U, COT, GF and ADA in the area under native vegetation; d) the attributes of the soil present structure of spatial dependence with a strong or moderated degree, being excepted MaP, RP and AF in the pasture and MaP, Sil and xvi COT in the area under native vegetation; e) the particles size fractions in the area of native vegetation present spatial dependence among the samples, with exception for the silt. In the pasture area, the exception is for thick sand, total sand and silt, indicating infinite capacity of dispersion in the study area, suggesting direct influence in the way of using the soil.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4833
Aparece nas coleções:PPGPV - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_3374_Marco Antonio Sathler.pdf1.11 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.