Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4855
Título: Desenvolvimento de forrageiras tropicais submetidas a diferentes tensões de água no solo
Autor(es): Gonçalves, Morgana Scaramussa
Orientador: Reis, Edvaldo Fialho dos
Coorientador: Garcia, Giovanni de Oliveira
Data do documento: 26-Fev-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: GONÇALVES, Morgana Scaramussa. Desenvolvimento de forrageiras tropicais submetidas a diferentes tensões de água no solo. 2016. 60 f. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Universidade Federal do Espírito Santo, Centro de Ciências Agrárias.
Resumo: O Brasil passa por uma grave insegurança hídrica, de falta de água, aliada a, escassez de chuvas, falta de planejamento e consumo excessivo, o que acarreta na falta de água para consumo próprio, manutenção das atividades profissionais e atividades agrícolas. Assim, a proteção dos recursos naturais, como a água, é essencial para a vida. Sendo a irrigação quando realizada com técnicas adequadas permite colheitas produtivas, e preservação da água. Os métodos mais utilizados para o manejo de irrigação são os que estimam o conteúdo e o potencial matricial de água no solo, permitindo a regularização do regime pluvial, responsável pela restrição do desenvolvimento de gramíneas tropicais. Dessa forma, objetivou-se com esse trabalho avaliar o desenvolvimento de forrageiras tropicais cultivadas em condições deambiente protegido, submetidas a diferentes tensões de água no solo. O trabalho foi conduzido em ambiente protegido, avaliando três experimentos com as forrageiras Mombaça, Tifton 85 e Marandu, onde cada qual, foi conduzida em um esquema de parcelas subdivididas, tendo nas parcelas os níveis do fator tensão de água no solo (20, 40, 50, 60 e 70 kPa) e nas subparcelas níveis 1º, 2º e 3º do fator corte, em um delineamento inteiramente casualizado com 5 repetições. As variáveis analisadas foram massa verde e seca da parte aérea, massa seca de raiz, proteína bruta, fibra em detergente neutro e fibra em detergente ácido. As tensões de água no solo em que a forrageira Mombaça foi submetida não proporcionaram diferenças nos resultados em relação à massa seca. Para a Marandu os melhores resultados de massa seca foram obtidos nas tensões de 50, 60 e 70 kPa e para a forrageira Tifton 85 nas tensões de 20 e60 kPa. Na tensão de 60 kPa se obteve os mais expressivos resultados de massa seca de raiz para a Mombaça, para a Tifton 85 não houve diferença entre as tensões, e para a Marandu foram nas tensões de 20, 50, 60 e 70 kPa. Os melhores resultados de proteína bruta foram obtidos para a Mombaça nas tensões de 20, 40, 50 e 60 kPa, para a Tifton 85 em 40, 50 e 60 kPa, e para a Marandu em 50 kPa. Para as variáveis FDA e FDN o fator tensão não foi significativo. Palavras-chave: tensão de água no solo, irrigação, forrageiras tropicais.
Brazil is going through a severe water insecurity, lack of water, combined with, lack of rain, lack of planning and excessive consumption, which results in lack of water for personal consumption, maintenance of professional and agricultural activities. Thus, the protection of natural resources such as water is essential for life. Being irrigation when done with appropriate techniques allow productive crops, and water conservation. The methods used for irrigation management are estimating the content and matric potential of soil water, allowing the regularization of the rain regime, responsible for restricting the development of tropical grasses. Thus, the aim with this study was to evaluate the development of tropical forages grown in greenhouse conditions, to different water stress in the soil. The work was conducted in a protected environment, evaluating three experiments with forage Mombasa, Tifton 85 and Marandu where each was conducted in a split plot, with the plots levels of water stress factor in the soil (20, 40, 50, 60 and 70 kPa) and the subplots levels 1, 2 and 3 of section factor, in a completely randomized design with 5 repetitions. The variables analyzed were green mass and dry of shoot, root dry weight, crude protein, neutral detergent fiber and acid detergent fiber . The water tension in the soil where the forage Mombasa was submitted did not provide differences in results in the dry mass. For Marandu the best dry matter results were obtained in voltages of 50, 60 and 70 kPa and for forage Tifton 85 in voltages of 20 and 60 kPa. The pressure of 60 kPa was obtained the most significant results of root dry weight to Mombasa for the Tifton 85 there was no difference between the voltages, and the Marandu were the tensions of 20, 50, 60 and 70 kPa. The best results have been obtained crude protein Mombaça to the voltages 20, 40, 50 and 60 kPa for Tifton 85 in 40, 50 and 60 kPa, and the Marandu 50 kPa. For the FDA and FDN variables voltage factor was not significant.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4855
Aparece nas coleções:PPGPV - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_8382_Morgana Scaramussa Goncalves.pdf1.64 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.