Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4863
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorAndrade, Felipe Vaz-
dc.date.accessioned2016-08-29T15:36:28Z-
dc.date.available2016-07-11-
dc.date.available2016-08-29T15:36:28Z-
dc.identifier.citationRIBEIRO, Vinicius José, Fertilizantes nitrogenados estabilizados e de liberação lenta: volatilização e disponibilidade para planta. 2015. 82 f. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal, Universidade Federal do Espírito Santo, Centro de Ciências Agrárias. Alegre, 2015por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/4863-
dc.formatTexteng
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.rightsopen access-
dc.subjectSlow-release and stabilized fertilizers,eng
dc.subjectVolatilizationeng
dc.subjectEfficiencyeng
dc.titleFertilizantes nitrogenados estabilizados e de liberação lenta: volatilização e disponibilidade para plantapor
dc.typemasterThesiseng
dc.subject.udc63-
dc.subject.br-rjbnFertilizantes nitrogenados-
dc.subject.br-rjbnAmônia-
dcterms.abstractNovas tecnologias em fertilizantes têm sido desenvolvidas e amplamente utilizadas para minimizar perdas e aumentar a eficiência, a exemplo dos fertilizantes de liberação lenta, e estabilizada. Este estudo foi dividido em dois experimentos: um experimento em laboratório (ambiente controlado) e um em casa de vegetação. O experimento em laboratório teve por objetivo avaliar as perdas de N-NH3 por volatilização. Os tratamentos seguiram esquema fatorial 5 x 3 x 2 em que os fatores em estudo foram: cinco fontes de fertilizantes nitrogenados (ureia convencional - UC; ureia combinada com zeólita - UZ; ureia revestida com enxofre - US; ureia revestida com NBPT - UNBPT; e ureia combinada com material orgânico organomineral - UO); três épocas de aplicação (Época 1: 100 %; Época 2: 50 % + 50 % e Época 3: 33,4 % + 33,3 % + 33,3 %) e dois manejos (aplicação superficial ou incorporado ao solo), com três repetições. O experimento foi conduzido utilizando câmara coletora semiaberta livre estática (SALE) para captura da NH3 por um período de 25 dias com as coletas e trocas das espumas realizadas no 2º, 4º, 7º, 9º, 11º, 14º, 16º, 18º, 21º, 23º e 25º dias após o início do experimento. Os dados obtidos foram submetidos à análise de variância, sendo seus efeitos desdobrados em contrastes e a curva de volatilização de NH3 (produção acumulada de N-NH3) com o tempo de incubação foi ajustada a equações logísticas Y = a/1+e-(b+cx). O experimento em casa de vegetação teve por objetivo avaliar a eficiência de fontes nitrogenadas de liberação controlada e estabilizados no desenvolvimento inicial de Coffea arabica L. Os tratamentos seguiram esquema fatorial 6 x 3 em que os fatores em estudo foram: seis fontes de fertilizantes nitrogenados (ureia convencional UC; nitrato de amônio NA; ureia revestida com enxofre elementar US; ureia revestida com enxofre elementar e polímero USP; ureia combinado com material orgânico UO; e ureia combinado com material orgânico e NBPT - UONBPT); três épocas de aplicação do fertilizante (Época 1: 100 %; Época 2: 50 % + 50 % e Época 3: 33,4 % + 33,3 % + 33,3 %). O experimento foi conduzido por 150 dias. Os dados obtidos foram submetidos à análise de variância, sendo seus efeitos desdobrados em contrastes. Os resultados indicaram a seguinte ordem crescente de volatilização de NNH3: UZ < US < UC < UNBPT < UO, independente da época e do manejo adotado. Para todas as fontes utilizadas ocorreu diminuição das perdas de 20,45 % para 12,29 % quando parceladas as fontes, e de 19,63 % para 13,95 % quando as mesmas foram incorporadas. Para o teor e conteúdo de N nas folhas observou a seguinte ordem: UC > NA > US > USP > UO > UONBPT, contrariando os efeitos benéficos em relação ao fornecimento de N para os fertilizantes com tecnologia associada em relação à fonte convencional - Ureia.por
dcterms.abstractNew technologies have been developed and largely used to minimize losses and increase efficiency, such as stabilized and slow-release fertilizers. This work was divided into two experiments: a laboratory (controlled environment) and a greenhouse experiment. The experiment in laboratory aimed to evaluate the losses of N-NH3 by volatilization. The treatments followed a factorial 5 x 3 x 2 in which the factors studied were: five sources of nitrogen fertilizers (conventional urea – CU; urea mixed with zeolite - UZ; sulfur-coated urea - US; NBPT-coated urea - UNBPT, and urea mixed with organic material "organomineral" – UO); three application seasons (Season 1: 100 %; Season 2: 50 % + 50 % and Season 3: 33.4 % + 33.4 % + 33.3 %) and two cropping systems (surface or incorporated into the soil application), with three replications. The experiment was carried out by using a static-free semi-open collection chamber (SFSO) to capture the NH3 during 25 days with the collects and exchange of foams made in 2nd ,4 th, 7th, 9th, 11th, 14th, 16th, 18th, 21st, 23rd and 25th day after the beginning of the experiment. The data obtained were submitted to analyzes of variance, and their effects were deployed in contrasts and the volatilization of NH3 curve (cumulative production of N-NH3) with the incubation time was adjusted to logistic equations Y = a/1+e-(b+cx). The greenhouse experiment aimed to evaluate the efficiency of stabilized and slowrelease nitrogen sources on initial development of Coffea arabica L.. The treatments followed a factorial 6 x 3 in which the factors studied were: six nitrogen fertilizers sources (conventional urea – CU; ammonium nitrate – AN; elemental sulfur coated urea - SU; elemental sulfur and polymer coated urea - SPU; urea mixed with organic material - UO; and urea mixed with organic material and NBPT - UONBPT); three seasons of fertilizer application (Season 1: 100 %; Season 2: 50 % + 50 % and Season 3: 33.4 % + 33.4 % + 33.3 %). The experiment was carried out during 150 days. The data were submitted to analysis of variance, and their effects were deployed in contrasts. The results showed the following order of volatilization of N-NH3: UZ < US < CU < UNBPT < UO, independent of season and crop system used. There was a decrease of the losses from 20.45 % to 12.29 % when splitted the sources, and from 19.63 % to 13.95 % when they were incorporated to soil for all the sources used. For the concentration and content of N in the leaves followed the following order: CU > AN > SU > SPU > UO > UONBPT, contrary to the beneficial effects on the availability of N in fertilizers with added technology in relation to conventional source - Urea.eng
dcterms.creatorRibeiro, Vinicius José-
dcterms.issued2015-02-23-
dcterms.subjectFertilizantes de liberação lentapor
dcterms.subjectFertilizantes estabilizadopor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Produção Vegetalpor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.subject.cnpqAgronomia-
dc.publisher.courseMestrado em Produção Vegetalpor
dc.contributor.refereeSouza, Carlos Henrique Eiterer de-
dc.contributor.refereeMendonça, Eduardo de Sá-
dc.contributor.advisor-coPassos, Renato Ribeiro-
Aparece nas coleções:PPGPV - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_8588_Vinicius Jose Ribeiro.pdf1.33 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.