Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4886
Título: Tratamento de efluente de fossas sépticas por escoamento superficial em rampas cultivadas com forrageiras
Autor(es): Souza, Ana Paula Almeida Bertossi
Orientador: Garcia, Giovanni de Oliveira
Coorientador: Reis, Edvaldo Fialho dos
Palavras-chave: Esgotos
Azevém
Aveia preta
Brachiaria brizantha
Água – Reuso
Fertirrigação
Data do documento: 16-Fev-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Com o objetivo de avaliar a qualidade do efluente de fossas sépticas tratado utilizando a técnica do escoamento superficial e os atributos químicos do solo das rampas de tratamento cultivadas com diferentes forrageiras sob a aplicação de diferentes taxas de efluente foram realizados dois experimentos. No primeiro experimento foram utilizadas as espécies de forrageiras: azevém, aveia preta e centeio; e no segundo experimento foram utilizadas as forrageiras: azevém, capim marandu e um sistema misto composto pelas duas espécies. As unidades experimentais foram compostas por 15 rampas de tratamento dispostas a uma declividade de aproximadamente 5%, preenchidas com solo retirado do perfil natural de um Latossolo Vermelho-Amarelo. O plantio das forrageiras foi feito por sementes diretamente nas unidades experimentais, e após o seu completo estabelecimento foi iniciada a aplicação do efluente de fossas sépticas em diferentes taxas (vazão). Foram realizadas análises do efluente tratado e coletadas amostras de solo em três seções nas unidades experimentais para análise química. De acordo com os resultados obtidos nos dois experimentos pode-se concluir que a técnica do escoamento superficial apresenta potencial para ser utilizada no tratamento do efluente de fossas sépticas, atestando os benefícios dessa técnica tanto para a preservação ambiental quanto para a melhoria de vida da população. Já no solo, observou-se que o aumento das taxas de aplicação do efluente de fossas sépticas proporcionou maior aporte de nutrientes, principalmente na seção superior das rampas de tratamento.
With the objective to evaluate the quality of effluent from septic tank treated using overland flow technique and soil chemical properties in treated ramps cultivated with different forages with applications in different effluent rates were held in two experiments. In the first experiment the following forage species were used: ryegrass, black oats and rye and in the second experiment, the following forages were used: ryegrass, Marandu grass and a mixed system composed by the two species. The experimental units were made of 15 treatment ramps arranged at a slope of approximately 5% filled with soil taken from natural Oxisol profile. Forage plantation was made by seeds directly in the experimental units and after being completely established, effluent application was started in septic tanks at different rates (flow). Analyzes of treated effluent and collected soil samples were done in three sections in the experimental units for chemical analysis. According to the results obtained in the two experiments it can be concluded that the overland flow technique presents potential to be used in effluent treatment from septic tanks certifying the benefits of this technique to preserve the environment and also to improve the life of population. In the soil it was observed that the increase in the rates of effluent application from septic tanks provided higher nutrients, especially in the upper section of the treatments ramps.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4886
Aparece nas coleções:PPGPV - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_7167_Ana Paula Bertossi.pdf754.16 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.