Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4974
Título: ÍNDICE DE QUALIDADE DA ÁGUA EM MICROBACIAS HIDROGRÁFICAS COM DIFERENTES COBERTURAS VEGETAIS NO SUL DO ESPÍRITO SANTO
Autor(es): Souza, Ana Paula Almeida Bertossi
Orientador: CECILIO, R. A.
Coorientador: GARCIA, G. O.
NEVES, M. A.
Palavras-chave: estatística multivariada
análise de componentes principais
Data do documento: 12-Set-2011
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: SOUZA, A. P. A. B., ÍNDICE DE QUALIDADE DA ÁGUA EM MICROBACIAS HIDROGRÁFICAS COM DIFERENTES COBERTURAS VEGETAIS NO SUL DO ESPÍRITO SANTO
Resumo: BERTOSSI, Ana Paula Almeida. Índice de qualidade da água em microbacias hidrográficas com diferentes coberturas vegetais, no sul do estado do Espírito Santo. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) Universidade Federal do Espírito Santo, Alegre-ES. Orientador: Prof. Dr. Roberto Avelino Cecílio. Coorientadores: Prof. Dr. Giovanni de Oliveira Garcia e Prof.ª Drª. Mirna Aparecida Neves. O presente trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a relação entre cobertura do solo e qualidade da água na bacia hidrográfica do Córrego Horizonte, localizada no município de Alegre, ES. Foram selecionadas três microbacias de cabeceira, para coleta de água superficial e subterrânea, cada qual caracterizada por diferentes coberturas do solo: pastagem, floresta e cafeeiro. As águas superficiais foram coletadas nos exutórios das microbacias e as águas subterrâneas em poços de monitoramento instalados na área. As coletas foram feitas em períodos de estiagem e de chuvas. Neste estudo foi desenvolvido um índice de qualidade de água, utilizando a técnica da estatística multivariada, denominada análise de componentes principais. O estudo de qualidade de água considerou as seguintes características físico-químicas: potencial hidrogeniônico, condutividade elétrica, sólidos dissolvidos, sólidos suspensos, turbidez, demanda bioquímica de oxigênio, nitrogênio amoniacal, nitrato, nitrito, fósforo total, cálcio, magnésio, ferro, sódio, potássio, zinco, cobre e coliforme total. A análise de componentes principais proporcionou a redução de 13 características em duas componentes que explicaram 91,2% da variância total. A primeira componente, contendo 61,95% da variância total, representa o processo de mineralização das águas das microbacias e a segunda componente, com 29,25% da variância, é alusiva à contaminação orgânica. Em seguida, estas características foram utilizadas para desenvolver um índice de qualidade de água, que foi melhor no período de chuva. As águas superficiais e subterrâneas das microbacias foram adequadas ao consumo humano, após tratamento convencional, ao longo de todo o período estudado, exceto a água subterrânea da microbacia coberta com pastagem no período de estiagem. Palavras-chave: estatística multivariada, análise de componentes principais, qualidade da água, pastagem, floresta, cafeeiro.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4974
Aparece nas coleções:PPGCF - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_5086_.pdf1.74 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.