Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5002
Título: EFEITO DA TERMORRETIFICAÇÃO NAS PROPRIEDADES TECNOLÓGICAS DO BAMBU
Autor(es): BRITO, F. M. S.
Orientador: PAES, J. B.
Coorientador: ARANTES, M. D. C.
OLIVEIRA, J. T. S.
Palavras-chave: 1
Bambu
2
Madeira
3
Controle de temperatura
4
Tratame
Data do documento: 26-Fev-2013
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: BRITO, F. M. S., EFEITO DA TERMORRETIFICAÇÃO NAS PROPRIEDADES TECNOLÓGICAS DO BAMBU
Resumo: BRITO, Flávia Maria Silva. Efeito da termorretificação nas propriedades tecnológicas do bambu. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) Universidade Federal do Espírito Santo, Jerônimo Monteiro - ES, Orientador: Prof. Dr. Juarez Benigno Paes. Coorientadores: Prof. Dr. José Tarcísio da Silva Oliveira e Profa. Dra. Marina Donária Chaves Arantes. Este trabalho teve como objetivos avaliar as características anatômicas e físicas do bambu in natura, analisar os efeitos da termorretificação nas propriedades tecnológicas do bambu laminado colado termorretificado (BLCTR) e na sua durabilidade natural. Foram coletados quatro colmos em idade adulta e cortados a cada 2,0 m, divididos em quatro secções no sentido longitudinal sendo imersas em água durante 10 dias e secas ao ar. As secções foram transformadas em taliscas com dimensões de 0,5 x 3,5 x 45 cm (espessura x largura x comprimento) e tratadas termicamente a 100, 140, 160, 180 e 200°C, durante uma hora para cada temperatura. Os adesivos utilizados foram o Cascophen RS-216-M, à base de resorcinol - formaldeído, Cascamite PL-2030, à base de uréia - formaldeído, ambos termofixos e um termoplástico à base de acetato de polivinila, Cascorez 2500. As taliscas termorretificadas foram dimensionadas conforme cada ensaio realizado. Observou-se que os colmos de bambu possuem uma frequência de vasos de 0 a 4 vasos.mm-2 com média de 2 vasos.mm-², fibras longas e estreitas com comprimento médio de 2,72 mm. A massa específica básica de 0,66 g.cm-3 e a retratibilidade volumétrica de 15,41%. Os teores de extrativos e lignina total aumentaram, conforme o incremento da temperatura, e o teor de holocelulose foi reduzido. A partir da temperatura de 160 °C ocorreu um ganho na durabilidade natural do bambu e na estabilidade dimensional do BLCTR aderido com RF, porém houve uma queda nos valores da massa específica básica e na resistência mecânica do material. Palavras-chave: Tratamento térmico, Dendrocalamus giganteus, Adesivos, Laminado colado, Ensaios biológicos.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5002
Aparece nas coleções:PPGCF - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_6290_.pdf1.92 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.