Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5022
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorSilva, Gilson Fernandes da-
dc.date.accessioned2016-08-29T15:37:06Z-
dc.date.available2016-07-11-
dc.date.available2016-08-29T15:37:06Z-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/5022-
dc.format.mediumtexten
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.rightsopen accessen
dc.titleAvaliação econômica da produção de madeira de paricá (Schizolobium amazonicum Huber ex Ducke) sob diferentes espaçamentos de plantiopor
dc.typemasterThesisen
dc.subject.udc630-
dcterms.abstractO paricá (Schizolobium amazonicum Huber ex Ducke) é uma espécie nativa que vem ganhando destaque entre os plantios comerciais, na região amazônica, pelas suas características de crescimento e produção, para múltiplos usos. Por tal motivo, objetivou-se neste trabalho avaliar o efeito dos espaçamentos de plantio na análise econômica da produção de madeira de paricá. Para tanto, os dados utilizados neste estudo são originários de povoamentos homogêneos, plantados sob os espaçamentos 3x2, 3x3, 3x4, 4x4 e 5x5 m, localizados entre os municípios de Dom Elizeu e Paragominas, Estado do Pará. Estes povoamentos foram inventariados anualmente até o quinto ano, sendo analisadas três classes de produtividade, em cada espaçamento, sendo elas: Baixa (17 - 19 m); Média (19 – 21 m) e Alta (21 - 24 m). Posteriormente, com auxílio de modelagem, os volumes total e laminado, foram estimados aos 5, 6 e 7 anos. Estimado o volume, e identificados todos os custos de produção, estes foram deflacionados, pelo IGP-DI, e posteriormente, descapitalizados. Assim, procedeu-se a análise econômica, por meio da metodologia desenvolvida pelo Instituto de Economia Agrícola, ógão vinculado à Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, juntamente com o critério do benefício periódico equivalente. Como resultado obteve-se que o custo operacional efetivo representou em média 65% dos custos totais de produção, sendo o transporte o custo individual mais expressivo, em todos os espaçamentos analisados. As análises econômicas indicaram que o monocultivo de paricá, independente do espaçamento, foi inviável, quando se objetivou a venda da madeira sem exploração. Essa resposta está associada ao baixo valor de mercado ao qual a espécie está subordinada. A exploração de madeira, mesmo sendo um processo trabalhoso e dispendioso, é uma alternativa para se obter valores positivos com a produção de paricá. Logo, pode-se inferir que o maior retorno financeiro é obtido em povoamentos de paricá implantados em classe de produtividade alta, sob o espaçamento 3x3 m, com exploração aos 5 anos. Entretanto, para os maiores espaçamentos de plantio, estudos ainda devem ser desenvolvidos.por
dcterms.abstractParicá (Schizolobium amazonicum Huber ex Ducke) is a native species that has been gaining prominence among commercial plantations in the Amazon region, its growth characteristics and production for multiple uses. For this reason, the aim of this study was to evaluate the effect of planting space in economic analysis of timber production paricá. For this, the data used in this study originate homogeneous stands planted under the spacings 3x2, 3x3, 3x4, 4x4 and 5x5 m, located in the State of Pará. These stands were inventoried annually by fifth year, and analyzed three classes of productivity in each spacing, which are: Low (17 – 19 m), Medium (19 – 21 m) and High (21 – 24 m). Later, with the aid of modeling, the total and laminate, volumes were estimated at 5, 6 and 7 years. Estimate the volume, and identified all the costs, these were deflated by the IGP – DI, and subsequently undercapitalized. Thus, we proceeded to the economic analysis, using the methodology developed by the Institute of Agricultural Economics, along with the criterion periodic benefit equivalent. As a result it was found that the actual operating costs represented on average 65 % of total costs of production, transportation and the most expressive individual cost in all spacings analyzed. The economic analysis indicated that the monoculture paricá, regardless of spacing, was impracticable, when used to sell the timber without exploitation. This response is associated with low market value to which the species is subject. The logging, even being a laborious and costly process, an alternative is to give positive values to the production of paricá. Therefore, it can be inferred that the greatest financial return is obtained in stands of paricá deployed in class high productivity under the 3x3 m spacing, with operating at 5 years. However, for larger planting space, studies have yet to be developed.-
dcterms.creatorSilveira, Rafaela da-
dcterms.issued2014-02-19-
dcterms.subjectMadeira - Exploraçãopor
dcterms.subjectPlantio (Cultivo de plantas) - Amazôniapor
dcterms.subjectClasse de produtividadepor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Ciências Florestaispor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.subject.cnpqRecursos florestais e engenharia florestal-
dc.publisher.courseMestrado em Ciências Florestaispor
dc.contributor.refereeFerreira, Rinaldo Luiz Caraciolo-
dc.contributor.refereeChichorro, José Franklim-
dc.contributor.advisor-coMendonça, Adriano Ribeiro de-
dc.contributor.advisor-coAndrade, Wendel Sandro de Paula-
Aparece nas coleções:PPGCF - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_7377_Dissertação Rafaela Silveira20150820-134934.pdf1.08 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.