Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5033
Título: Variabilidade espacial do diâmetro a altura do peito do eucalipto e das frações granulométricas do solo utilizando análise multivariada e geoestatística
Autor(es): Bona, Diego Antonio Ottonelli de
Orientador: Lima, Julião Soares de Souza
Coorientador: Fiedler, Nilton César
Palavras-chave: Análise de componentes principais
Métodos interpoladores
Florestamento
Propriedades da madeira
Silvicultura
Data do documento: 15-Jul-2014
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: O gênero Eucalyptus é o mais cultivado entre as florestas plantadas no Brasil e o sucesso desses plantios florestais está diretamente relacionado com os atributos do solo. Neste sentido, o objetivo deste estudo foi estudar as frações granulométricas de um Latossolo Vermelho Amarelo e o desenvolvimento do eucalipto após três anos de cultivo utilizando as técnicas da análise multivariada e geoestatística. A amostragem de solo foi realizada em uma área de 10,02 hectares, com um total de 94 pontos georreferenciado espaçados a 33x33 metros, sendo determinadas as frações argila e areia total nas profundidades 0-0,20 e 0,20-0,40 m. Posteriormente, após três anos do plantio do eucalipto, em cada ponto amostral, foi medido o Diâmetro à Altura do Peito de cinco árvores gerando um valor médio para cada ponto georreferenciado, os quais foram submetidos a análise da variabilidade espacial. As frações granulométricas foram submetidas a análise de componentes principais e a análise geoestatística. Os dados apresentaram distribuição normal pelo teste de Kolmogorov-Smirnov e coeficiente de variação médio para as frações do solo e baixo para o DAP. A primeira componente principal explicou 77,17% da variância dos dados, tendo correlação positiva com a argila e areia total. Ajustou-se o modelo esférico para o DAP, apresentando dependência espacial forte com um alcance de 66 metros. A utilização do semivariograma cruzado para o DAP e a componente principal proporcionou maior continuidade espacial, com um alcance de 168 m. As frações do solo ajustaram-se ao modelo esférico e apresentaram dependência espacial forte, com exceção da fração argila na profundidade de 0,20-0,40 m que apresentou moderado grau de dependência espacial. O eucalipto apresentou maior crescimento em DAP nas áreas com menores cotas de altitude com maiores teores de areia total.
Eucalyptus is the most cultivated genus in Brazilian planted forests; the success of these forest plantations is directly related to the soil’s characteristics. In this sense, the objective of this study was to evaluate the granulometric fractions of a Red Yellow Latosol and the development of eucalyptus after three years of cultivation under the techniques of multivariate and geostatistical analysis. Soil sampling was conducted in an area of 10.02 hectares, with a total of 94 georeferenced points, placed 33x33 meters apart from each other; full clay and sand fractions in the depths were respectively 0- 0.20 and 0.20-0.40 m. Later, three years after the eucalyptus planting, the Diameter at Breast Height (DBH) of five trees was measured in each sample point – this generated a mean value for each georeferenced point, and they were all subjected to special variability analysis. The granulometric fractions were subjected to the analysis of main components and geostatistical analysis. The data showed normal distribution through Kolmogorov-Smirnov Test, an average coefficient of variation for soil fractions, and low coefficient of variation for DBH. The first main component is related to 77.17% of the data variance, with positive correlation with clay and total sand. We adjusted the spherical model for DBH, and found strong special dependence, with a range of 66 meters. The use of cross semivariogram for the DBH and the main component allowed higher special continuity, with a range of 168 m. The soil fractions were adjusted to the spherical model and presented strong special dependency, except for the clay fraction in the depth of 0.20-0.40 m, which presented moderate degree of special dependence. The eucalyptus presented higher growth on DBH in areas with smaller altitude quotas and higher levels of total sand.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5033
Aparece nas coleções:PPGCF - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_7839_Dissertacao_Diego_Ottonelli_Bona.pdf1.32 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.