Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5066
Título: Fenologia de Guapira opposita (Vell.) Reitz (Nyctaginaceae) em duas fitofisionomias no sul do Espírito Santo
Autor(es): Lübe, Sara Gütler
Orientador: Chichorro, José Franklim
Coorientador: Kunz, Sustanis Horn
Palavras-chave: Eventos fenológicos
Floresta estacional semidecidual
RPPN Cafundó
Floresta ombrófila densa
Serra do Valentim
Semideciduous forest
Tropical rainforest
Phonologic events
Climatic factors
Data do documento: 10-Jul-2015
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: O estudo fenológico de uma ou mais espécies florestais é considerado fundamental em qualquer plano de manejo, seja com objetivo de manutenção da vida silvestre, produção de madeira ou colheita de produtos florestais não madeireiros e outros recursos florestais. A Guapira opposita (Vell.) Reitz, pertencente a família Nyctaginaceae, é uma espécie florestal nativa do Brasil, que ocorre em diversas formações florestais, particularmente no domínio da Mata Atlântica. Diante disso, o presente estudo teve como objetivo caracterizar a fenologia de Guapira opposita (Vell.) Reitz, verificar a influência de alguns fatores climáticos nas diferentes fenofases da espécie em um fragmento de Floresta Ombrófila Densa (FOD) e em um de Floresta Estacional Semidecidual (FES) na região sul do Espírito Santo, bem como comparar e relacionar os parâmetros fenológicos das duas áreas. Os dados de floração, frutificação, queda foliar e brotamento foram coletados mensalmente de 36 indivíduos no período entre janeiro e dezembro de 2014. Para a análise dos dados foram utilizados os métodos do Índice de Atividade e Percentual de Intensidade de Fournier. No período de amostragem foi observada redução de 33% e de 51,5% da precipitação anual para a FOD e FES, respectivamente, quando comparados com o ano anterior ao estudo. O comportamento vegetacional da G. opposita na FOD e na FES não variou muito durante o período de estudo. O índice de atividade dos indivíduos produzindo novas folhas e brotos foliares se mostrou sazonal, com a maior porcentagem de indivíduos ocorrendo entre os meses correspondentes a estação chuvosa e com altas temperaturas. O pico do brotamento foliar ocorreu em janeiro, mês em que houve as mais elevadas temperaturas nas duas áreas. Observou-se alto grau de sincronia para o brotamento foliar na FOD, já a população da FES se mostrou assincrônica. A fenofase de queda foliar da espécie Guapira opposita foi muito discreta, onde apenas 5% dos indivíduos amostrados na FES se manifestaram e, somente na estação chuvosa, sendo considerado como baixo percentual de intensidade para esse fenômeno, podendo-se inferir que a precipitação não foi um fator limitante para a ocorrência da mesma. Já, na FOD não houve manifestação dos indivíduos para a queda foliar no período de amostragem. Por isso a espécie pode ser classificada como perenifólia. Não foram observadas as fenofases reprodutivas para a espécie, fato este que pode estar relacionado com os fatores climáticos, principalmente precipitação. Pode-se concluir que o comportamento vegetacional da espécie Guapira opposita na FOD e na FES teve pequena variação e o déficit hídrico ocorrido no ano da amostragem foi o fator limitante da não ocorrência das fenofases reprodutivas da espécie.
Phenological studies of one or more forest species is considered fundamental in any management plan, either with wildlife maintenance objectives, wood production or harvesting of non-timber forest products and other forest resources. Guapira opposita (Vell.) Reitz, belonging to Family Nyctaginaceae, is a Brazilian’s native forest species, which occurs in different forest formations, particularly in Mata Atlântica’s domain. Therefore, the present study had the objective of characterizing the phenology of the species Guapira opposite (Vell.) Reitz, as well as to verify the influence of some climatic factors in the different phenophases of the species in a Tropical Rainforest (TR) fragment and in a Semideciduous Forest (SF) in Southern Espírito Santo, as well as to compare and relate the phonologic parameters of the two areas. Data of flowering, fructification, leaf fall and budding were collected monthly from 36 individuals in the period between January and December of 2014. For the data analysis the methods used were the Activity Index and the Fournier’s Intensity Percentage. In the sampling period, there was observed reduction of 33% and 51,5% of annual precipitation for the TR and SF, respectively, when compared to the previous year of the study. The vegetation behavior of G. opposita in TR and SF did not vary much during the study period. The activity index of individuals producing new leafs and leaf buds showed itself seasonal, with the biggest percentage of individuals occurring between the corresponding months to the rainy season and with high temperatures. The peak leaf sprouting occurred in January, month in that there was the higher temperatures in both areas. A high sync step for the leaf budding in TR was observed; as for the SF population, it showed itself asynchronous. The leaf fall phenophase of Guapira opposita species was very discrete, where only 5% of sampled individuals in SF have expressed themselves and, only in the rainy season, being considered as low intensity percentage for this phenomenon, making it possible to infer that the precipitation wasn’t a limiting factor for it’s occurrence. As for TR there wasn’t demonstration for leaf fall by the individuals in the sampling period. Due to this the species was classified as evergreen. During the sampling period the reproductive phenophases for the species wasn’t observed, fact that may be related to the climatic factors, mainly precipitation. It can be concluded that de vegetation behavior of the species Guapira opposita in TR and SF had little variation; and that the limiting factor of reproductive phenophases in the sampling year was the drought.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5066
Aparece nas coleções:PPGCF - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_8957_Dissertação-Sara Gutler Lube.pdf1.5 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.