Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5128
Título: IDENTIFICAÇÃO DE MARCADORES DE GENES DE RESISTÊNCIA A PATÓGENOS EM EUCALIPTO E SOJA POR RGA
Autor(es): VIEIRA, P. M. H.
Orientador: FERREIRA, M. F. S.
Coorientador: FERREIRA, A.
Palavras-chave: resistência
Análogos de genes de resistência
nematóides
f
Data do documento: 27-Jul-2015
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: VIEIRA, P. M. H., IDENTIFICAÇÃO DE MARCADORES DE GENES DE RESISTÊNCIA A PATÓGENOS EM EUCALIPTO E SOJA POR RGA
Resumo: Ao longo da evolução as plantas desenvolveram um sofisticado mecanismo de defesa contra o ataque de fitopatógenos, conhecido como defesa pós-formada. Este sistema compreende uma complexa rede de sinalização bioquímica comandada por genes de resistência, os genes R. A identificação destes genes em culturas de interesse agronômico como a soja e o eucalipto amplia a base genética da resistência, o que torna as plantas menos vulneráveis aos ataques de patógenos. Os genes R codificam proteínas com domínios conservados. A presença desses domínios permite o uso de técnicas de PCR visando o isolamento do DNA e a clonagem de sequências análogas de genes de resistência (RGA) mediante o uso de oligonucleotídeos degenerados específicos para as regiões conservadas. Objetivou-se neste trabalho: 1) avaliar a presença de fragmentos associados à resistência a Ceratocystis fimbriata em genótipos de eucalipto; 2) mensurar a diversidade entre genótipos de eucalipto; 3) Identificar fragmentos relacionados à resistência aos nematóides Heterodera glycines e Meloidogyne spp em genótipos de soja e; 4) realizar uma análise comparativa dos dados obtidos por RGAs com marcadores SSR que contemplam QTLs de resistência. As análises de agrupamento realizadas com dados de RGA e SSR permitiram distinguir grupos de genótipos resistentes e suscetíveis a C. fimbriata e revelou a diversidade existente entre os indivíduos estudados, o gráfico de Heatmap permitiu identificar fragmentos associados à resistência à C. fimbriata em cultivares de eucalipto. Os marcadores RGAs aplicados em soja foram eficientes em discriminar genótipos de soja resistentes e suscetíveis aos nematóides em estudo, sendo importante associar a estes o uso de marcadores SSR por serem potentes em amplificar e discriminar genótipos quanto a raça especificidade do patógeno.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5128
Aparece nas coleções:PPGGM - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_9114_Dissertação Final Paula Mikaely_Henrique_Vieira(CD).pdf2.41 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.