Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5153
Título: Efeito da doença peridontal sobre a reatividade vascular de camundongos ateroscleróticos
Autor(es): PEREIRA, R. B.
Data do documento: 15-Dez-2008
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: PEREIRA, R. B., Efeito da doença peridontal sobre a reatividade vascular de camundongos ateroscleróticos
Resumo: A doença periodontal foi induzida em camundongos mediante a inoculação oral do patógeno Porphyromonas gingivalis (Pg) com o objetivo de comparar alterações na reatividade vascular de animais sem aterosclerose (C57BL/6), com aterosclerose moderada (ApoE) e com aterosclerose avançada (ApoE D). A reabsorção óssea alveolar foi semelhante entre os grupos (P>0,05). Preparações in vitro do leito arteriolar mesentérico foram utilizadas para determinar a resposta vascular à acetilcolina, ao nitroprussiato de sódio e à fenilefrina. O relaxamento induzido pela acetilcolina e pelo nitroprussiato de sódio mostrou-se inalterado em todos os grupos (P>0,05). A resposta máxima à fenilefrina esteve aumentada nos três grupos avaliados, quando comparados aos seus controles (C57 CT: 78,6 ± 2,7 vs C57 Pg: 92 ± 5,5; ApoE CT: 98 ± 5 vs ApoE Pg: 119 ± 6,5; ApoE D CT: 97 ± 7 vs ApoE D Pg: 120 ± 6 mmHg). Este estudo demonstra que a doença periodontal aumenta a reatividade à fenilefrina tanto em animais saudáveis, quanto em animais com aterosclerose moderada e avançada. Adicionalmente ao aumento da reatividade, a doença periodontal exacerbou a inflamação sistêmica na aterosclerose avançada (razão neutrófilos/linfócitos. ApoE D CT: 0,30 ± 0,04 vs ApoE D Pg: 2,37 ± 0,23, P<0,05).
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5153
Aparece nas coleções:PPGCF - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_2929_Tese Raquel Binda Pereira.docx.pdf1.48 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.