Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5180
Título: Comportamento morfofisiológico de mudas de café conilon propagadas por estaquia e enxertia
Autor(es): ANDRADE JUNIOR, S.
Orientador: ALEXANDRE, R. S.
Coorientador: SCHMILDT, E. R.
Data do documento: 26-Abr-2012
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: ANDRADE JUNIOR, S., Comportamento morfofisiológico de mudas de café conilon propagadas por estaquia e enxertia
Resumo: O gênero Coffea possui cerca de 100 espécies descritas das quais apenas duas são exploradas economicamente, Coffea arabica e C. canephora. No Brasil, quase a totalidade das lavouras que são denominadas de Robusta, é do (C.canephora) cultivar. Conilon o Espírito Santo produz 75% da produção nacional e se destaca como maior produtor dessa variedade. O objetivo deste estudo foi avaliar o crescimento de mudas enxertadas do cafeeiro conilon em comparação àquelas produzidas pela estaquia. O método de enxertia empregado foi a garfagem e a modalidade a do tipo fenda cheia, após 90 dias decorridos do plantio da semente. Concomitantemente ao processo da enxertia procedeu-se o plantio das estacas. O experimento foi conduzido no viveiro de produção de mudas da Fazenda Experimental do Incaper, no município de Marilândia-ES. Utilizou-se como porta-enxerto, mudas provenientes de propagação seminífera, da espécie Coffea canephora, cultivar. Robusta Tropical (ENCAPER 8151), e como enxerto, o cultivar. Conilon Vitória (INCAPER 8142). A estaquia foi realizada após a seleção de seis clones com épocas de maturação diferentes precoce (8v e 12v), média (2v e 7v) e tardia (5v e 13v). O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com cinco repetições de doze mudas, constituindo doze tratamentos. Quando detectado diferenças significativas pelo deste F as medias foram comparadas pelo teste de Scheffé a 5% de probabilidade. Detectou-se superioridade para todas as variáveis de crescimento das mudas enxertadas, sendo portanto mais uma possibilidade para a propagação do cafeeiro conilon e desta forma contribuindo para a diversidade genética do sistema radicular. Palavras-chave: Coffea canephora, café, crescimento, clonagem
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5180
Aparece nas coleções:PPGAT - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_5593_Saul.PDF1.78 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.