Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5186
Título: Controle da fusariose da pimenta-do-reino com aplicação de Trichoderma harzianum.
Autor(es): OLIVEIRA, C. S.
Orientador: SILVA, M. B.
Data do documento: 19-Jun-2012
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: OLIVEIRA, C. S., Controle da fusariose da pimenta-do-reino com aplicação de Trichoderma harzianum.
Resumo: A fusariose se apresenta como um dos principais problemas fitossanitários na cultura da pimenta-do-reino, especialmente por causar a morte da planta e, consequentemente, redução do número de plantas da lavoura. O uso de microrganismos antagônicos se mostra como alternativa viável no controle dos diferentes fitopatógenos habitantes do solo. Considerando o fato de que, dentre os organismos envolvidos no controle de patógenos do solo, o fungo do gênero Trichoderma é um dos mais estudados, o objetivo deste trabalho foi avaliar o uso do controle biológico de fusariose da pimenta-do-reino, com produto comercial à base de Trichoderma harzianum. Foram montados dois experimentos, um comparando diferentes formas de aplicação do T. harzianum e o outro avaliando a relação dose e intervalo de aplicação. Os experimentos foram conduzidos na região Norte do Espírito Santo, no município de São Mateus. A intensidade da doença foi quantificada através de uma escala de notas, variando de 1 a 9, de acordo com o desenvolvimento dos sintomas da doença. A estruturação do experimento se constituiu em blocos ao acaso, com sete tratamentos e sete repetições. A parcela experimental foi constituída de cinco plantas úteis. Nas parcelas que receberam 1 ml/planta, observou-se menor incidência da doença, quando comparada com as parcelas que receberam a dose de 2 ml/planta. Constatou-se que quanto maior o intervalo de aplicação, menor a incidência de doença. O uso do T.harzianum reduziu em 50% a intensidade da fusariose no campo. Quanto à forma de aplicação, a mistura de tanque Trichodermil + Polycana foi o que promoveu melhor controle em relação à testemunha. PALAVRAS-CHAVE: Fusarium solani f. sp. piperis, controle biológico, Piper nigrum L., dose e intervalo.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5186
Aparece nas coleções:PPGAT - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_5599_Carmelita.pdf569.83 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.