Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/531
Título: Avaliação da retratibilidade da madeira de sete espécies de Eucalyptus
Título(s) alternativo(s): Evaluation of the retratibility in seven eucalypt species
Autor(es): Oliveira, José Tarcísio da Silva
Tomazello Filho, Mario
Fiedler, Nilton César
Palavras-chave: Eucalipto
Retratibilidade
Variação radial
Eucalyptus
Retratibility
Radial variation
Data do documento: Set-2010
Citação: OLIVEIRA, José Tarcísio da Silva; TOMAZELLO FILHO, Mario; FIEDLER, Nilton César. Avaliação da retratibilidade da madeira de sete espécies de Eucalyptus. Rev. Árvore, Viçosa, v. 34, n. 5, p. 929-936, set./out. 2010. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rarv/v34n5/18.pdf>. Acesso em: 24 jan. 2011.
Resumo: As variações na retratibilidade no lenho das árvores são as principais causas dos defeitos de secagem, como o empenamento e fendilhamento das peças de madeira. Os tipos de madeira presentes em um tronco estão relacionados com as variações dessa importante propriedade física. Este trabalho teve como objetivo estudar a retratibilidade da madeira de sete espécies de eucaliptos. Os parâmetros de retratibilidade, bem como a sua variação na direção radial da medula em direção à periferia do tronco de sete espécies de eucaliptos, foram avaliados de acordo com a Norma brasileira. De modo geral, os resultados indicaram que as espécies de eucaliptos estudados possuíam madeira com elevada retratibilidade. À exceção das madeiras de Eucalyptus tereticornis e E. pilularis, as demais espécies estudadas apresentaram valores menores de retratibilidade na região próxima da medula.
ABSTRACT The variation of the retratibility in lumber is the main cause of the occurrence of drying defects, especially those characterized by warped and split wood. The different wood types present in the stem are related to the variation of these important physical properties. This work aimed to study the retratibily of seven eucalypt species. The retratibility parameters such as the variation in the pith to bark direction in the peripheral of the trunk were studied according the Brazilian Standard for the seven eucalypts. In general the results showed that the species of eucalypts studied have a high retratibility. Except for Eucalyptus tereticornis and E. pilularis the others species studied showed lower values of retratibility in the pith region.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/531
ISSN: 0100-6762
Aparece nas coleções:DEF - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
18.pdf236.64 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons