Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5719
Título: Modelos de Dispersão Populacional do muriqui-do-norte, Brachyteles hypoxanthus (Primates, Atelidae)
Autor(es): Santos, Bruna Silva
Orientador: Mendes, Sérgio Lucena
Coorientador: Soares Filho, Britaldo Silveira
Palavras-chave: Muriqui - Migração
Vida Selvagem - Conservação
Corredores ecológicos
Sistemas de Informação geográfica
Data do documento: 30-Mar-2012
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: SANTOS, Bruna Silva. Modelos de Dispersão Populacional do muriqui-do-norte, Brachyteles hypoxanthus (Primates, Atelidae). 2012. 52 f. Dissertação (Mestrado em Biologia; Conservação e Genética de Vertebrados; Sistemática, Biologia e Ecologia de Insetos) - Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2012.
Resumo: O muriqui-do-norte, Brachyteleshypoxanthus (Primates: Atelidae) é endêmico da Mata Atlântica brasileira e vive em grupos compostos por vários machos e fêmeas, no qual os machos são filopátricos e as fêmeas dispersam de seus grupos natais antes de se tornarem ativas sexualmente. A área de estudo, o município de Santa Maria de Jetibá (SMJ), sofreu substituição da vegetação original por tipos diferentes de uso e ocupação do solo causando a fragmentação e a perda de habitats.Esta pesquisa objetivou simular a dispersão de cinco grupos populacionais de muriquis, estimar o número de indivíduos futuramente e a área ocupada por eles, identificar áreas chaves para possibilitar sua dispersão e propor formação de corredores ecológicos para viabilizar a formação de metapopulação. Os dados empregados neste estudo foram coletados durante os anos de 2002 a 2011, sendo que em 2011 havia um total de 75 muriquis vivendo nos fragmentos estudados. Os cinco grupos estudados apresentaram crescimento populacional positivo, sendo que a taxa média de crescimento populacional dos cinco grupos foi de 4,97% ao ano e a média de densidade populacional igual a 0,11 ind./ha. Foram criados modelos de crescimento populacional, demanda de área e dispersão do muriqui, considerando a necessidade de incremento de área para suportar a quantidade crescente de animais. Partindo do pressuposto de que os muriquis necessitarão migrar para novos fragmentos de mata quando a capacidade de suporte do fragmento de origem for atingida. Foram gerados mapas determinando os melhores caminhos para a dispersão e qual fragmento tem maior probabilidade de recebê-los primeiro. Utilizando-se o mapa de caminho para dispersão dos muriquis foi formulado o mapa de corredores ecológicos, que ligam manchas de matas média e avançada para conexão entre os cinco fragmentos de mata que contém muriquis. Para interligá-los serão necessários 1.432 metros de corredores de mata com uma área total de 7,2 ha. A fragmentação e isolamento dos fragmentos de mata dificultam a migração de muriquis e a dispersão de fêmeas na época reprodutiva, consequentemente acarretando menor crescimento da população. O crescimento populacional da espécie também é limitado pela disponibilidade de áreas adequadas para ocupação e dificuldade de transpor a matriz da paisagem. Saber quais fragmentos tem probabilidade maior de ocupação pelos muriquis e quais podem ser conectados são importantes para formação de metapopulação, dispersão de fêmeas em idade reprodutiva e colonização de novos fragmentos. Assim, modelar a dispersão do muriqui, seu crescimento populacional e de área, é importante uma vez que consiste em uma nova ferramenta para embasar decisões sobre conservação da espécie e restauração de matas
The northern muriqui, Brachyteles hypoxanthus (Primates: Atelidae) is endemic to the Brazilian Atlantic Forest and lives in groups of several males and females, in which males are filopatrics and females disperse from their natal groups before becoming active sexually. The original vegetation of the study area, in the municipality of Santa Maria de Jetibá (SMJ), has been replaced for different types of land use and land cover causing the fragmentation and loss of habitats. This research aimed to simulate the dispersion of five groups of northern muriqui, estimate the number of individuals and the area occupied in the future, identify key areas for dispersion and propose ecological corridors to enable the formation of metapopulation. We used data collected during the years 2002 to 2011. In 2011 there were 75 northern muriqui living in the fragments studied. The five groups showed positive population growth, and the average rate of population growth of the five groups was 4.97% per year and the average population density of 0.11 ind./ha. We created models of population growth, demand of area, and muriqui dispersion, considering the need to increase the area to support the growing number of animals, assuming that the muriquis will need to migrate to new forest fragments when they reach the carrying capacity of the fragment. We generated maps using the best paths for dispersion and also the fragments that are more likely for them to disperse first. Using the path in the map for dispersal of muriquis we formulated a map of ecological corridors linking patches of medium and advanced secondary forest among the five forest fragments containing muriquis. The results showed it is required 1.432 meters of forest corridors with a total area of 7.2 ha.The fragmentation and isolation of forest fragments hampers muriquis migration and dispersal of females during the breeding season, thus causing decreasing in population growth. The population growth of the species is also limited by the availability of suitable areas for occupation and the landscape matrix transpose. Knowing which fragments have higher probability of occupation by muriquis and which can be connected are important for formation of metapopulation, dispersal of females at reproductive age and colonization of new fragments. Thus, modeling the dispersal of muriquis, its population growth, and area is important since it is a new tool to support decisions about species conservation and restoration of forests
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5719
Aparece nas coleções:PPGBAN - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Bruna Silva Santos.pdf5.73 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.