Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5741
Título: Tributilestanho prejudica ciclo reprodutivo de ratas
Autor(es): Sena, Gabriela Cavati
Orientador: Graceli, Jones Bernardes
Palavras-chave: Contaminação ambiental
Tributilestanho
Desregulação endócrina
Prejuízo reprodutivo
Ciclo reprodutivo
Toxicidade
Environmental contamination
Tributyltin
Endocrine disruption
Reprodutive impairment
Reprodutive cycle
Toxicity
Data do documento: 25-Jan-2013
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: SENA, Gabriela Cavati. Tributilestanho prejudica ciclo reprodutivo de ratas. 2013. 91 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia) - Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2013.
Resumo: Triorganotins, mainly tributyltin (TBT), are environmental contaminants, commonly used in antifouling paints for boats, which suffer bioaccumulation and thus are found in mammals and humans due to ingestion of contaminated food. The importance of TBT as environmental endocrine disrupter and consequent reproductive toxicity in different animal models is well known. However, the adverse effects upon reproductive cycle are less well understood. The potential reproductive toxicity of TBT on regular reproductive cyclicity of female rats was examined. Wistar female rats at 12 weeks of age, weighing approximately 230 g were divided in two groups: Control (treated with vehicle, 0,4% ethanol solution), and TBT (treated with tributyltin, 100 ng/kg/d). The treatment lasted 16 days. TBT changed cycle regularity (%) (of animals with regular cycle), reduced the cycle duration, the proestrus and diestrus phases, and the number of epithelial cells in the vaginal smears collected during proestrous. TBT also increased the duration of metestrus and the number of cornified cells in this phase. The weight of the ovaries and levels of estradiol in serum were decreased, and we found a significant increase in progesterone levels. Histological analysis showed apoptotic cells in corpus luteum and granulosa cells layer of ovarian follicles treated animals, with cystic follicles, high number of atretic follicles and corpus luteum. The expression of the estrogen receptor alpha was reduced on uterine and ovarian tissues on TBT group. The micronucleus test (MN), using Chinese hamster ovary cells, demonstrated a concentration-dependent mutagenic effect of TBT. The toxic potential of TBT over the reproductive cycle may be attributed to changes found in the ovarian weight, unbalanced levels of sexual female hormones, and impaired ovarian follicles development.
Triorganoestânicos, principalmente o tributilestanho (TBT), são contaminantes ambientais organometálicos, comumente usados em tintas anti-incrustantes para embarcações, que sofrem bioacumulação e, portanto, podem ser encontrados em mamíferos e seres humanos, devido à ingestão de alimentos contaminados. A importância do TBT como desregulador endócrino ambiental e sua toxicidade reprodutiva em diferentes modelos animais é bem conhecida. No entanto, os efeitos adversos sobre o ciclo reprodutivo de mamíferos não são bem compreendidos. O potencial tóxico do TBT no ciclo reprodutivo regular de ratas foi examinado. Ratas Wistar com 12 semanas de idade, pesando aproximadamente 230 g foram divididas em dois grupos: Controle (tratadas com veículo, 0.4% solução etanólica) e TBT (tratadas com tributilestanho, 100ng/Kg/dia). O tratamento durou 16 dias. O TBT alterou a regularidade do ciclo estral (%) (de animais com ciclo regular), reduzindo a duração do ciclo, as fases de proestro e diestro, e o número de células epiteliais obtidas no lavado vaginal na fase de proestro. TBT também aumentou a duração do metaestro e o número de células cornificadas nessa fase. O peso dos ovários e os níveis séricos de estradiol diminuíram, e encontramos um significativo aumento nos níveis de progesterona. A análise histológica mostrou células apoptóticas nos corpos lúteos e nas células da camada granulosa dos folículos ovarianos dos animais expostos, bem como a presença de folículos císticos, com elevado número de folículos atrésicos e corpos lúteos. A expressão do receptor de estrogênio alfa mostrou-se reduzida nos tecidos uterinos e ovarianos no grupo TBT. O teste do micronúcleo (MN), usando células de ovário de hamster chinês, demonstrou efeito mutagênico dependente da concentração de TBT. O potencial tóxico do TBT durante o ciclo reprodutivo pode ser atribuído às alterações encontradas no peso ovariano, desequilíbrio hormonal sexual, e prejuízo no desenvolvimento dos folículos ovarianos
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5741
Aparece nas coleções:PPGBIO - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Gabriela Cavati Sena.pdf2.36 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.