Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5785
Título: Caracterização física e química de substratos com lodo de esgoto na produção de mudas de Aegiphila sellowiana Cham
Título(s) alternativo(s): PHYSICAL AND CHEMICAL CHARACTERIZATION OF SUBSTRATE WITH SEWAGE SLUDGE IN SEEDLING PRODUCTION OF Aegiphila sellowiana Cham
Autor(es): Santos, Fernando Elair Vieira
Orientador: Kunz, Sustanis Horn
Coorientador: Caldeira, Marcos Vinicius Winckler
Palavras-chave: Resíduos orgânicos
Biossólido
Nutrição de mudas
Crescimento inicial de plântulas
Organic residues
Biosolids
Nutrition seedlings
Seedlings initial growth
Data do documento: 30-Jul-2013
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: SANTOS, Fernando Elair Vieira. PHYSICAL AND CHEMICAL CHARACTERIZATION OF SUBSTRATE WITH SEWAGE SLUDGE IN SEEDLING PRODUCTION OF Aegiphila sellowiana Cham. 2013. 151 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo, Jerônimo Monteiro, 2013.
Resumo: A produção de mudas florestais com qualidade está associada entre outros fatores, às características e formulações de cada substrato. Partindo desse princípio, o presente estudo teve por objetivo testar a eficiência do uso de diversos resíduos e vermiculita, associados ao lodo de esgoto como componente e fonte de nutrientes aos substratos para a produção de mudas de Aegiphila sellowiana, e relacionar as características físicas e químicas dos substratos formulados com a qualidade das mudas produzidas. Os substratos foram formulados com diferentes proporções de lodo de esgoto (80, 60, 40 e 20% ) associado à fibra de coco, vermiculita, palha de café in natura, composto orgânico (esterco bovino + palha de café in natura), casca de arroz carbonizada e casca de arroz in natura além de um substrato com 100% de lodo de esgoto e uma testemunha com 100% de substrato comercial. O experimento foi conduzido em um delineamento inteiramente casualizado com 26 tratamentos e cinco repetições de quatro plantas. Foram realizadas análises físicas e químicas dos substratos formulados e dos componentes puros. Após 45 dias da implantação do experimento, foi realizado o raleio das plântulas, permanecendo apenas um indivíduo por tubete. Após 120 da implantação do experimento, foram coletados os dados referentes as variáveis de crescimento, a partir das quais foram obtidos os índices de qualidade. A utilização de diferentes proporções de resíduos contribuiu para a melhoria de algumas propriedades físicas do substrato. O aumento das proporções de lodo de esgoto promoveram diminuição da macroporosidade (Macrop), aumento da densidade global (Dg), água facilmente disponível (AFD), água disponível (AD) e microporosidade (Microp) dos substratos formulados. Em relação as análises químicas, o substrato comercial proporcionou as maiores médias para os teores disponíveis de fósforo, cálcio e magnésio além de condutividade elétrica e teor totais de sais solúveis dos substratos. O lodo de esgoto proporcionou aumento da fertilidade dos substratos com aumento de teores dos nutrientes, principalmente nitrogênio e fósforo, e do teor total de sais solúveis. De acordo com as características apresentadas, foram considerados mais adequados quimicamente para o desenvolvimento de mudas de espécies florestais os substratos formulados com o composto orgânico. As mudas produzidas com maiores proporções de lodo de esgoto resultaram em maiores médias para altura e diâmetro do coleto. Os tratamentos formulados com composto orgânico, especialmente as proporções de 60 e 80%, proporcionaram maiores médias para as características morfométricas avaliadas sendo os mais indicados para a produção de mudas de Aegiphila sellowiana. O substrato comercial proporcionou as menores médias para as características morfométricas avaliadas. Os maiores acúmulos de nutrientes da parte aérea das mudas de Aegiphila sellowiana foram obtidos no tratamento com 40% de lodo de esgoto associado com 60% de composto orgânico. Os nutrientes acumularam na seguinte ordem decrescente de: macronutrientes N>Ca>K>P>Mg>S
The seedling production quality is associated among other factors, the characteristics and formulations of each substrate. Starting from this idea, the recent study had by appointment testing the efficiency of various wastes and vermiculite as a component and nutrients source for the substrates to the production of Aegiphila sellowiana plants looking for decrease the environmental Impact caused by the excess of these ones and connect the physical and chemical points from the substrates formulated with the quality of the produced plants. The substrates were formulated with different ratios of sewage sludge (80, 60, 40 and 20%) associated with coconut fiber, vermiculite, straw coffee fresh, organic compost (manure + straw in nature coffee), bark carbonized rice husk and rice fresh addition of a substrate with 100% sewage sludge and a control with 100% commercial substrate. The experiment was conducted in a completely randomized design with 26 treatments and five replications of four plants. Analyses of physical and chemical substrates formulated and pure components. Within 45 days after the implantation of the experiment was carried out thinning the seedlings, leaving only one individual per pot. Within 120 days after thinning the plants, was studied the variables of growing and indexes of quality. The use of different proportions of waste contributed to the some improvement of physical properties of the substrate. The increase in the proportion of sewage sludge led to a decrease of the macroporosity (Macrop), increased global density (Dg), easily available water (AFD), available water (AD) and microporosity (Microp) substrates formulated. Regarding the chemical analysis the commercial substrate has allowed the biggest averages for the available contents of the substrates. The sewer Iodine has allowed the increasing of fertility from the substrates with increasing of contents from nutrients mostly nitrogen and phosphorus and also the total content of soluble salts. The sewage sludge has allowed the increasing of fertility from the substrates with increasing of contents from nutrients mostly nitrogen and phosphorus and also the total content of soluble salts. According to the presented particularities, were considered more adequate chemically for the plants development from forest species the formulated substrates with the organic compost. The seedlings with higher proportions of sewage sludge resulted in higher means for height and stem diameter. The formulated treatments with organic compost especially with 60 and 80 % proportions, has allowed bigger averages for the morphometric characteristics assessed being the most suitable for the production of seedlings Aegiphila sellowiana. The commercial substrate provided the lowest averages for the morphometric characteristics evaluated. The highest accumulation of the aerial part of the seedlings Aegiphila sellowiana were obtained in the treatment with 40% sewage sludge associated with 60% of organic compost. Nutrients accumulated in the following descending order: macronutrients N> Ca> K> P> Mg> S
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5785
Aparece nas coleções:PPGCF - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Fernando Elair Vieira Santos.pdf2.38 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.