Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6023
Título: Simuladores computacionais X Oficina de modelos: um estudo entre a alternância destes métodos na aprendizagem de um mesmo fenômeno físico
Autor(es): Silva, Juares Dutra da
Orientador: Albernaz, Jussara Martins
Palavras-chave: Simulador computacional
Oficina pedagógica e ensino de ciências
Computational simulation
Educational workshop and teaching physics and science
Data do documento: 28-Fev-2012
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: SILVA, Juares Dutra da. Simuladores computacionais X Oficina de modelos: um estudo entre a alternância destes métodos na aprendizagem de um mesmo fenômeno físico. 2012. 186 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2012.
Resumo: In modern times each day challenges are created by new technologies. Education must enable citizens to master them. This work analyzes the pedagogical impact of using a virtual model (computer simulation) alternated with a physical model (experiment) created by students in an educational workshop. The alternate use of two types of resources allows students to observe not only the use of different models, but participate in its construction. This considerably reduces the difficulty in realizing that the model is only analogous to the physical phenomenon studied, therefore has limitations compared to real one. The theories of Vigotski, Piaget, Papert and the philosophical reflections Bachelard helped in formulating some working hypotheses, in action planning and analysis of data collected. It is a qualitative research that uses on a few moments the researcher‟s intervention. The results indicated that the tools created proved interesting to start students and teachers in a new mode of teaching-learning, allowing students a creative appropriation of formal knowledge. New research perspectives were thus created
Nos tempos atuais a cada dia criam-se novos desafios gerados pelo avanço tecnológico. A educação precisa habilitar o cidadão a dominar as novas tecnologias. O presente trabalho analisa o impacto pedagógico do uso de um modelo virtual (simulador computacional) alternado com um modelo físico (experimento) criado por alunos em uma oficina pedagógica. O uso alternado dos dois tipos de recursos permite que o aluno não só observe o uso de diferentes modelos, mas participe da sua construção. Isto diminui consideravelmente sua dificuldade em perceber que o modelo é apenas análogo ao fenômeno físico estudado, apresentando, portanto, limitações se comparado ao real. As teorias de Vigotsky, Piaget, Papert, e as reflexões filosóficas de Bachelard ajudaram na formulação de algumas hipóteses de trabalho, no planejamento das ações e na análise dos dados coletados. Trata-se de uma pesquisa qualitativa que recorre em alguns momentos à intervenção do pesquisador. Os resultados indicaram que as ferramentas se mostraram interessantes para iniciar alunos e professores em uma nova modalidade de ensino-aprendizado, permitindo ao aluno uma apropriação criativa do conhecimento formal. Novas perspectivas de pesquisa foram, assim, criadas
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6023
Aparece nas coleções:PPGE - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Juares Dutra da Silva.pdf7.74 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.