Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6158
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorRigo, Daniel-
dc.date.accessioned2016-12-23T14:04:33Z-
dc.date.available2012-01-19-
dc.date.available2016-12-23T14:04:33Z-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/6158-
dc.format.mediumtexten
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.rightsopen accessen
dc.titleAnálise ecotoxicológica de sedimento do estuário da Baía de Vitória (ES) com diferentes granulometriaspor
dc.typemasterThesisen
dc.subject.udc628-
dc.subject.br-rjbnLegislaçãopor
dc.subject.br-rjbnToxicologia ambientalpor
dcterms.abstractA Baía de Vitória (ES) abrange um sistema estuarino importante, contendo um dos complexos portuários mais importantes do país. As atividades portuárias associadas à intensa urbanização causam prejuízos ambientais para a região, incluindo constantes dragagens e aterros. A principal fonte de contaminação na região é o lançamento de esgoto da drenagem continental. O presente trabalho caracteriza os sedimentos de alguns pontos da baía quanto à localização, granulometria e toxicidade visando contribuir para a análise da legislação sobre monitoramento do sedimento em eventos de dragagem. Durante a remobilização, o sedimento é ressuspenso juntamente com os contaminantes para a coluna d água podendo gerar impactos tanto no local dragado como no de disposição. Para avaliar a toxicidade do sedimento com diferentes granulometrias foram realizados monitoramentos, incluindo ensaios ecotoxicológicos agudos com a bactéria Vibrio fischeri e crônicos com a microalga Skeletonema costatum. As análises físico-químicas e os testes com Skeletonema costatum foram feitos com elutriato e os testes com Vibrio fischeri com água intersticial. Foram selecionados 9 diferentes pontos de coleta de sedimento com diversos teores de areia e de lama. Os resultados obtidos com os ensaios ecotoxicológicos indicaram correspondência entre a toxicidade do sedimento e a proximidade com as fontes de contaminação. Porém, o mesmo não ocorreu para a relação teor de lama e contaminação. Alguns pontos de coleta, embora o percentual de lama fosse baixo (≤ 10%), apresentaram toxicidade, o que contribui para uma discussão sobre as diretrizes e procedimentos da Resolução Conama 344/04. Sendo assim, foi verificado que não se pode destituir de monitoramento o sedimento de um estuário ou baía apenas pela granulometria - independente do volume a ser dragado - sem se referir à questão da contaminação e da proximidade de fontes de contaminaçãopor
dcterms.abstractThe Bay of Vitória (ES, Brazil) comprises an important estuarine system and one of the most significant port complexes in Brazil. Port activities along with intense urbanization are responsible for environmental damages in the area, including constant dredging and landfills. The main source of contamination in the area is sewage dumping from continental drainage. This study characterizes sediments from some points of the bay according to location, granulometry, and toxicity in order to contribute to analyzing the laws regulating sediment monitoring during dredging events. During remobilization, sediment is resuspended with contaminants to the water column, which can cause impacts on both dredged and disposal areas. Sediment toxicity with different grain sizes was assessed through acute ecotoxicological testing with bacterium Vibrio fischeri, and chronic ecotoxicological testing with microalgae Skeletonema costatum. The physical-chemical analyses and tests with Skeletonema costatum were performed through elutriation, and the tests with Vibrio fischeri used interstitial water. Nine (9) different sediment collection points, with varied sand and mud contents, were selected. The results obtained from ecotoxicological testing showed correspondence between sediment toxicity and proximity to contamination sources. However, this was not found for the relation between mud content and contamination. Some collection points presented toxicity despite the fact that mud content was low (≤ 10%). This contributes to the discussion about the guidelines and proceedings in the CONAMA (Brazilian Council for the Environment) Resolution 344/04. We verified that sediments of an estuary or bay cannot be deprived from monitoring based only on grading regardless of the amount being dredged without taking the contamination and proximity to contamination sources into accounten
dcterms.creatorSantos, Andreia Carvalho dos-
dcterms.issued2011-07-13-
dcterms.languagePortuguêspor
dcterms.subjectDragagempor
dcterms.subjectMonitoramento de sedimentopor
dcterms.subjectEcotoxicologiapor
dcterms.subjectEstuáriopor
dcterms.subjectGranulometriapor
dcterms.subjectDredgingen
dcterms.subjectSediment monitoringen
dcterms.subjectEcotoxicologyen
dcterms.subjectEstuaryen
dcterms.subjectGranulometryen
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentPoluição do Ar, Recursos Hídricos, Saneamento Ambientalpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Engenharia Ambientalpor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.subject.cnpqEngenharia Sanitáriapor
dc.publisher.courseMestrado em Engenharia Ambientalpor
dc.contributor.refereeCassini, Sérvio Túlio Alves-
dc.contributor.refereePaiva, Teresa Cristina Brazil de-
frapo.hasFundingAgencyConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico-
Aparece nas coleções:PPGEA - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Dissertacao de Andreia Carvalho dos Santos.pdf2.21 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.