Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6196
Título: Relação dos indicadores de salubridade ambiental com a saúde e sustentabilidade pública no Município de Itapemirim/ES
Autor(es): Viana, Aurimar de Paula
Orientador: Siman, Renato Ribeiro
Palavras-chave: Salubridade Ambiental
Saneamento ambiental
Indicadores
Saúde Pública
Sustentabilidade
Data do documento: 2-Ago-2013
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: VIANA, Aurimar de Paula. Relação dos indicadores de salubridade ambiental com a saúde e sustentabilidade pública no Município de Itapemirim/ES. 2013. 200 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Sanitária) - Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2013.
Resumo: O saneamento básico está diretamente relacionado à salubridade ambiental e expressar na forma de indicadores abastecimento de água potável, esgotamento sanitário, controle de vetores, dentre outros elementos que remetem salubridade, e valorar algo que é quantitativo é importante para se fazer um acompanhamento das ações efetuadas e assim avaliar a evolução dos serviços de saneamento ambiental e de saúde pública. O objetivo do presente estudo é verificar a relação dos indicadores de salubridade ambiental com saúde e sustentabilidade pública. Para isso foi utilizado o Indicador de Salubridade Ambiental ISA no município de Itapemirim/ES como indicador-base e os indicadores de drenagem, de condições de moradia e de educação como auxiliares. Estes foram relacionados com indicadores de saúde pública e de sustentabilidade municipal. Para ilustrar os resultados, foram construídos mapas temáticos dos indicadores setoriais e do indicador global. A base principal de dados foi o Sistema de Informações em Atenção Básica SIAB. A aplicação do ISA/Itapemirim foi feita em todo o município e os resultados apontam grande variação na situação das localidades, variando de insalubres à salubres. Duas Localidades apresentaram situação de insalubridade ambiental e as comunidades da área urbana, incluindo o Centro e o seu entorno foram consideradas salubres. É possível notar que nas localidades sem serviços adequados de saneamento básico os indicadores de saúde pública não apresentaram bons resultados. Por fim, os indicadores de sustentabilidade mostraram a necessidade de maiores investimentos em saneamento ambiental
Aparece nas coleções:PPGESA - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Aurimar de Paula Viana.pdf9.57 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.