Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6284
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorFrancalanci, Carla Costa Pinto-
dc.date.accessioned2016-12-23T14:09:40Z-
dc.date.available2013-02-06-
dc.date.available2016-12-23T14:09:40Z-
dc.identifier.citationSILVA, Elisa Martins de Oliveira. Amor, belo e escrita a partir do diálogo Fedro de Platão. 2011. 95 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Programa de Pós-Graduação em Filosofia, Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2011.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/6284-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.rightsopen accesseng
dc.subjectBelopor
dc.subjectLoveeng
dc.subjectBeautyeng
dc.subjectWritingeng
dc.titleAmor, belo e escrita a partir do diálogo Fedro de Platãopor
dc.typemasterThesiseng
dc.subject.udc101-
dc.subject.br-rjbnPlatãopor
dc.subject.br-rjbnAmorpor
dc.subject.br-rjbnEstéticapor
dc.subject.br-rjbnEscritapor
dc.subject.br-rjbnDiálogos gregospor
dcterms.abstractA fim de compreender o entrelaçamento existente entre Amor, Escrita e Belo, tomamos como ponto de partida e base de nossas investigações o diálogo Fedro de Platão, tentando, a partir de uma interpretação possível, revelar o Amor como o movimento que nos permite, desde a visão da beleza sensível, ir ao encontro do Belo, origem e princípio da humanidade do homem. O Amor, por sua vez, ao nos lançar em direção ao Belo, exige de nós uma relação com a escrita, já que o vislumbre súbito da Beleza inspira a produção de discursos, tal como é revelado pelos discursos feitos por Sócrates à visão do belo jovem Fedro. A partir da relação com o Belo e a Escrita pudemos compreender o Amor, portanto, como a instância, o lugar que permite reconduzir o homem à sua humanidade.por
dcterms.abstractIn order to understand the intertwining among Love, Writing and Beauty, we take as a starting point, and as basis, of our investigations the Phaedrus s dialogue of Plato, striving for a possible interpretation to reveal Love as the movement that allows us to meet the Beauty as origin and principle of man s humanity from the vision of sensitive Beauty. Love, therefore, towards us into the Beauty demanding from us a relationship with writing since the sudden glimpse of Beauty inspiring the production of discourses, as revealed by the speeches made by Socrates from the sight of the beautiful young man Phaedrus. We could understand Love from the relationship between the Beauty and Writing as the instance, the place, that allows man restore his humanity.eng
dcterms.creatorSilva, Elisa Martins de Oliveira-
dcterms.formatTexteng
dcterms.issued2011-06-17-
dcterms.languageporpor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentFilosofiapor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Filosofiapor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.subject.cnpqFilosofiapor
dc.publisher.courseMestrado em Filosofiapor
dc.contributor.refereeSouza, Thana Mara de-
dc.contributor.refereeSilva, Claudio Oliveira da-
Aparece nas coleções:PPGFIL - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Elisa.pdf713.12 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.