Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6437
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorSouza, Marcelo Paiva de-
dc.date.accessioned2016-12-23T14:34:12Z-
dc.date.available2010-06-22-
dc.date.available2016-12-23T14:34:12Z-
dc.identifier.citationSOUZA, Ronis Faria de. Crime e castigo: uma leitura (da menipéia ao dialogismo). 2009. 138 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Programa de Pós-Graduação em Letras, Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2009.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/6437-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.rightsopen accesseng
dc.subjectCrime e castigopor
dc.subjectSátira menipéiapor
dc.subjectPolifoniapor
dc.subjectDialogismopor
dc.subjectCrimen y castigospa
dc.subjectSátira menipeaspa
dc.subjectCarnavalizaciónspa
dc.titleCrime e castigo : uma leitura (da menipéia ao dialogismo)por
dc.typemasterThesiseng
dc.subject.udc82-
dc.subject.br-rjbnDostoiévski, Fiódor, 1821-1881 - Crítica e interpretaçãopor
dc.subject.br-rjbnLiteratura russa - História e críticapor
dc.subject.br-rjbnCarnavalização (Literatura)por
dc.subject.br-rjbnAnálise do discursopor
dcterms.abstractO objetivo desta pesquisa é realizar uma leitura do romance Crime e Castigo (1866), de Dostoiévski a partir da perspectiva de vários comentadores brasileiros e estrangeiros, partindo de uma visão atual daquilo que já se produziu sobre o autor russo. Nesse sentido, a obra crítica e teórica de Bakhtin será revisitada sob várias óticas, sempre valorizando aquilo que é imprescindível em seu trabalho sobre Dostoiévski. Essa abordagem gerará desdobramentos que levarão à análise: dos discursos ideológicos que circularam pela Rússia dostoievskiana, do papel de Dostoiévski como escritor, da sua posição frente aos desafios de seu tempo e de uma miríade de relações que sua obra estabelece. Enfim, busca-se trazer à tona, por meio da leitura do romance, um conjunto de formulações teóricas relevantes para a análise da ficção dostoievskiana.por
dcterms.abstractEl objetivo de esta pesquisa es realizar una lectura de la novela Crimen y Castigo (1866), de Dostoiévski, a partir de la perspectiva de varios comentadores brasileños y extranjeros, partiendo de una visión actual de lo que ya se produjo sobre el autor ruso. En ese sentido, el trabajo de Bakhtin será revisitado bajo varias ópticas, siempre valorando lo que es imprescindible en su trabajo sobre Dostoiévski. Ese abordaje generará desdoblamientos que llevarán el análisis: de los discursos ideológicos que circularon por la Rusia dostoievskiana, del papel de Dostoiévski como escritor, de su posición delante de los desafíos de su tiempo y de una miríada de relaciones que su obra establece. En fin, traer a flote por medio de la lectura de esa novela, un conjunto de formulaciones teóricas relevantes para el análisis de la obra de Dostoiévski.spa
dcterms.creatorSouza, Ronis Faria de-
dcterms.formattexteng
dcterms.issued2009-09-29-
dcterms.languageporeng
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Letraspor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.subject.cnpqLetraspor
dc.publisher.courseMestrado em Letraspor
dc.contributor.refereeTrefzger, Fabíola Simão Padilha-
dc.contributor.refereeBisch, Pedro Jose Mascarello-
Aparece nas coleções:PPGL - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Dissertacao Ronis Faria de Souza.pdf587.58 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.