Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6491
Título: Entre meios : do shopping ao lixo : análise dos processos de subjetivação na sociedade de consumo em sua interface com a produção de lixo
Autor(es): Viana, Flávia Passos
Orientador: Machado, Leila Aparecida Domingues
Palavras-chave: Modos de vida
Produção de lixo
Ecosofia
Ways of life
Society of consume
Production of garbage
Ecosophy
Data do documento: 18-Jun-2007
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: VIANA, Flávia Passos. Entre meios do shopping ao lixo. Análise dos processos de subjetivação na sociedade de consumo em sua interface com a produção de lixo. 2007. 126 f. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Política Social), Programa de Pós-Graduação em Política Social, Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2007.
Resumo: As transformações ocorridas nas sociedades contemporâneas, resultado da dinâmica do modo de produção capitalista globalizado, são observadas em várias esferas da vida cotidiana, seja nas relações sociais, afetivas e também na interação com o meio em que vivemos. Neste processo, a produção de subjetividade é essencial para a manutenção da lógica fragmentada, individualiza preconizada pela necessidade do lucro. Dessa maneira a relação estabelecida com o tempo e o espaço é constantemente modificada, sendo regida especialmente pela valorização da velocidade e de espaços cada vez mais curtos, negando a estagnação. A tecnologia por sua vez, se torna o ícone da nossa época, criando produtos e bens que se tornam rapidamente envelhecidos e inúteis, voláteis tal como o capital e o trabalho que os gera. Para tal, conta com a publicidade e sua capacidade de massificação das subjetividades. O produto final dessa dinâmica se configura nos restos de um consumo exorbitante. Este trabalho apresenta um estudo acerca dos novos modos de subjetivação engendrados na sociedade de consumo contemporânea, através de sua relação com a produção de lixo. Discutir tais aspectos da realidade constitui-se questão relevante dado o escasso conhecimento produzido e a necessidade de articulação entre esses aspectos da realidade, que são comumente analisados através de estudos técnicos. O estudo problematiza essas questões pautado no conceito de ecosofia proposto pelo pensador Feliz Guattari, e traz a cartografia como postura de pesquisa, tanto na construção teórica como na coleta de dados e análise. O local da pesquisa foi delimitado em um edifício residencial localizado em um bairro nobre da cidade de Vitória, onde se buscou conhecer os modos de vida dos sujeitos, em sua relação com as sobras de consumo produzidas. Foram realizados encontros com os participantes nos quais se solicitou que discorressem sobre os temas definidos: modos de vida, consumo e lixo. A análise permitiu notar mecanismos de resistência ainda que pontuais, que convivem com a fragmentação e a compartimentação das questões levantadas. Omeio-ambiente, aqui compreendido pela via da produção de lixo, configurou-se como um caminho transversal na problematização das formas como vivemos na contemporaneidade, contribuindo para instigar debates, inquietações e construções coletivas no enfrentamento das realidades apresentadas.
The transformations occurred on the contemporary societies one of the results of the dynamic of the globalized capitalist ways of production, are the interaction with the environment humans live. During this process, the production, of subjectivity is essential to the maintenance of the fragmented logic, individualist, and oriented to the necessity of profit. Therefore, the relationship established with time and space in constantly changing, being registered specially by the valorization of speed and spaces ever so shorter, denying the stagnation. The technology, by its turn, becomes an icon of this time, creating products and goods that easily become old and useless, as volatiles as the capital and the work that generates it. To make this possible, it counts with publicity and its capacity of making subjectivities into one only mass subjectivity. The final product of this dynamic shows itself on the exorbitant amount of garbage produced. This research is a study of the new ways of subjectivities created by the contemporary society of consume, through its relationship to the production of garbage. Discussing those aspects of reality is a relevant matter before the rare knowledge produced in this area and the necessity of articulation of this aspect of reality, commonly studied only in the technical researches. The study discusses those questions based on the concept of ecosophy proposed by Felix Guattari and brings the cartography as the approach of the research, on the theoretic construction, data collection and analyses. The place of research was limited to a residential building located in a noble neighborhood in Vitória/ES, where it was searched to know the ways of life of the people who were interviewed, the subjects discussed were: ways of life. consume and garbage. The analyses allowed noticing the resistance mechanisms, even when punctual, that live with the fragmentation and compartmentalization of the issues raised. The environment, here comprehended through the production of garbage, appeared as a transversal path on the discussion of the ways to live in the contemporary days, helping to bring up issues, worries and collective constructions to face the presented reality.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6491
Aparece nas coleções:PPGPS - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Flavia Passos Viana.pdf798.48 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.