Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6493
Título: A lógica cultural do capitalismo contemporâneo a partir da obra de Fredric Jameson
Autor(es): Girelli, Luciana Silvestre
Orientador: Ferraz, Ana Targina Rodrigues
Coorientador: Alvarenga, Alexandre Curtiss
Palavras-chave: Pós-modernismo - lógica cultural
Ideologia
Reprodução cultural
Hegemonia
Postmodernism - cultural logic
Ideology
Cultural reproduction
Hegemony
Data do documento: 30-Jun-2011
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: GIRELLI, Luciana Silvestre. A lógica cultural do capitalismo contemporâneo a partir da obra de Fredric Jameson. 2011. 125 f. Dissertação (Mestrado em Política Social) - Programa de Pós-Graduação em Política Social, Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2011.
Resumo: Aborda o papel da cultura na reprodução do sistema capitalista a partir da obra de Fredric Jameson, que afirma ser o pós-modernismo a lógica cultural da atual fase do capitalismo. Além de contextualizar a emergência histórica do pós-modernismo a partir das mudanças no âmbito econômico e político na segunda metade do século XX, com destaque para a reestruturação produtiva e a implantação do neoliberalismo, caracteriza a cultura como elemento constitutivo do modo de vida contemporâneo, marcado pelo individualismo e pelo consumismo. Apresenta a mercantilização cultural como marca principal da cultura na fase de financeirização da economia e relaciona a hegemonia dessa lógica cultural à dificuldade de organização da classe trabalhadora na atualidade.
It approaches the role of culture in the reproduction of the capitalist system from the work of Fredric Jameson, who states that postmodernism is the cultural logic of the capistalism current phase. It does not only contextualize the historical emergency of the postmodernism from the changes in the economic and politician sphere in the second half of the XX century, with special attention to the productive reorganization and the implantation of the neo-liberalism, but also characterizes the culture as a constitutive element in the contemporary way of living, marked by individualism and consumerism. It presents the cultural commercialization as main mark of the culture in the phase of financialization of the economy and it relates the hegemony of this cultural logic to the difficulty of organization of the working class in the present time.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6493
Aparece nas coleções:PPGPS - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Luciana Silvestre Girelli.pdf421.01 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.