Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6777
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorCarvalho, Raimundo Nonato Barbosa de-
dc.date.accessioned2017-04-19T13:19:41Z-
dc.date.available2017-04-21T06:00:05Z-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/6777-
dc.rightsopen accesseng
dc.subjectElegia erótica romanapor
dc.subjectAmorespor
dc.subjectTranslationeng
dc.subjectRoman love elegyeng
dc.subjectOvideng
dc.titleDo pé à letra : os amores de Ovídio em tradução poéticapor
dc.typemasterThesiseng
dc.subject.udc82-
dc.subject.br-rjbnOvídio, 43 A.C.-17 ou 18 A.D.por
dc.subject.br-rjbnTradução e interpretaçãopor
dc.subject.br-rjbnPoesia elegíacapor
dc.subject.br-rjbnPoesia de amor latinapor
dcterms.abstractPartindo da premissa de que a tradução, tomada como uma tarefa que supõe o estudo e leitura atentos do material traduzido, é constituída por momento de investigação do texto seguido da sua reelaboração, planejada de modo a compartilhar com o original aspectos significativos de sua composição, entendemos, em consonância com o que escreveu Haroldo de Campos sobre tradução, que ela, nestas proporções descritas, se difere muito pouco do exercício da crítica literária. Com isto em mente, e tomando trabalhos como os de João Angelo Oliva Neto, Raimundo Carvalho, Guilherme G. Flores e João Paulo Matedi como modelo, apresentamos agora a tradução integral dos Amores de P. Ovídio Nasão acompanhada por um ensaio introdutório que, de maneira panorâmica, mostra algo da reflexão que acompanhou a tarefa de verter em português as elegias do poeta de Sulmona.por
dcterms.abstractBased on the writings of Haroldo de Campos, we understand that translating differs very little from the exercise of literary criticism. As an activity that presumes the keen study and close reading of the material to be translated, translating is constituted by an analysis of the text followed by its reworking, executed in such a way as to share meaningful aspects of the original’s composition. With that in mind, and taking as point of departure the works of João Angelo Oliva Neto, Raimundo Carvalho, Guilherme G. Flores and João Paulo Matedi, I present here the full translation of the Amores from P. Ovid Naso along with an introductory essay, which exposes, in a panoramic way, part of the reflections that were developed throughout the task of converting to Portuguese the elegies of the poet of Sulmo.eng
dcterms.creatorDuque, Guilherme Horst-
dcterms.dateSubmitted2015-04-27-
dcterms.formatTexteng
dcterms.issued2015-04-27-
dcterms.languageporpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Letraspor
dc.subject.cnpqLetraspor
dc.publisher.courseMestrado em Letraspor
dc.contributor.refereeFlores, Guilherme Gontijo-
dc.contributor.refereeSalgueiro, Wilberth Claython Ferreira-
frapo.hasFundingAgencyCAPESpor
Aparece nas coleções:PPGL - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao Guilherme Duque.pdf1.46 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons