Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6886
Título: A escrita surda como ela é : estudo da iconicidade em textos de usuários da libras
Autor(es): Cruz, Silvania Dueles da
Orientador: Rocha, Lúcia Helena Peyroton da
Data do documento: 26-Set-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: O estudo apresenta uma análise da produção escrita do aluno surdo usuário da LIBRAS sob a ótica de um dos princípios do Funcionalismo: a iconicidade. A partir das manifestações desse princípio postuladas por teóricos norte-americanos e dos dispositivos icônicos elencados por Taub (2004), o trabalho busca, na medida em que também apresenta aspectos da sintaxe espacial da Língua Brasileira de Sinais, identificar os subprincípios e dispositivos icônicos motivadores das construções e escolhas sintáticas que constituem a produção escrita do surdo usuário dessa modalidade como L1. A aprendizagem da modalidade escrita da língua portuguesa é reconhecida, nesta pesquisa, como um desafio em sala de aula e por isso, a necessidade da compreensão das motivações do aluno surdo em suas construções sintáticas tanto na língua sinalizada, quanto na oral escrita. A partir das análises dos registros encontrados, a pesquisa sinaliza para propostas e estratégias de ensino da modalidade escrita da língua portuguesa que utilizem as relações icônicas como um recurso que venha otimizar o processo de aprendizagem. De textos coletados em salas de recursos, bem como em aulas regulares de Língua Portuguesa, mostra os registros de estruturas mais recorrentes encontradas no referido corpus, associando tais estruturas aos dispositivos icônicos presentes na sintaxe espacial da LIBRAS , o que torna o texto da pessoa surda iconicamente motivado, caracterizado por arranjos semelhantes aos da língua sinalizada. Deste modo, além de promover um estudo sobre a relevância dos subprincípios icônicos no português escrito do aluno surdo, o trabalho pretende propiciar uma mudança no olhar sobre suas produções escritas e, através do reconhecimento de que os dispositivos icônicos presentes na LIBRAS se refletem em seus textos, levar os que com tais textos têm contato a uma melhor compreensão dos mesmos, ou seja, a conhecer a Escrita Surda como ela é.
The study presents an analysis of the written production of the deaf student user of LIBRAS from the point of view of one of the principles of Functionalism: iconicity. From the manifestations of this principle postulated by North American theorists and the iconic devices mentioned by Taub (2004), the work seeks, insofar as it also presents aspects of the spatial syntax of the Brazilian Sign Language, to identify the sub-functions and iconic motivating devices Of the constructions and syntactic choices that constitute the written production of the deaf user of this modality as L1.The learning of the written mode of the Portuguese language is recognized in this research as a challenge in the classroom and, therefore, the need to understand the motivations of the deaf student in their syntactic constructions in both the signaled and written oral languages. From the analyzes of the records found, the research indicates to proposals and strategies of teaching of the written modality of the Portuguese language that use the iconic relations as a resource that will optimize the learning process.From texts collected in resource rooms, as well as in regular classes of Portuguese Language, shows the most recurrent structures found in said corpus, associating such structures with the iconic devices present in the spatial syntax of LIBRAS, which makes the text of the deaf person Symbolically motivated, characterized by arrangements similar to those of the signaled language.Thus, in addition to promoting a study on the relevance of the iconic subprinciples in the written Portuguese of the deaf student, the work intends to provide a change in the look on their written productions and, through the recognition that the iconic devices present in the LIBRAS are reflected in their Texts, bring those who with such texts have a better understanding of them, that is, to know the Deaf Writing as it is.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6886
Aparece nas coleções:PPGEL - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_11367_silvania20180130-125603.pdf8.76 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.