Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6893
Título: Análise de Sensibilidade de Parâmetros do Modelo Hidrológico Swat em Função de Diferentes Características de Bacias Hidrográficas
Autor(es): TEIXEIRA, L. F. C.
Orientador: Mendonça
Data do documento: 9-Out-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: TEIXEIRA, L. F. C., Análise de Sensibilidade de Parâmetros do Modelo Hidrológico Swat em Função de Diferentes Características de Bacias Hidrográficas
Resumo: Avaliação do comportamento de componentes de modelos matemáticos pode ser realizada através de técnicas de análise de sensibilidade, incertezas e calibração dos mesmos. No estudo buscou-se utilizar esses recursos especificamente para o modelo hidrológico Soil and Water Assessment Tool (SWAT), com o intuito de avaliação de condições de aplicação para determinar a vazão em uma bacia hidrográfica localizada no estado do Espírito Santo Brasil e, posteriormente, simular cenários alternativos de uso e ocupação do solo na bacia. Na análise de sensibilidade global os parâmetros mais sensíveis foram os relacionados com o escoamento superficial e o fluxo de base. O SWAT mostrou ser eficaz na representação da variável vazão em uma sub-bacia, após a calibração dos parâmetros. Em relação aos índices estatísticos de qualidade de ajuste entre dados simulados e observados, para a simulação mensal o coeficiente de Nash e Sutcliffe (NSE) foi 0,72 e o percentual de viés (PBIAS) 9,40, ambos considerados satisfatórios, segundo a literatura. No entanto, para a modelagem das vazões diárias o índice NSE foi muito baixo, 0,21. Observou-se que a presença de valores atípicos (outliers) na série diária de dados afeta fortemente os valores do coeficiente NSE. Após a calibração aplicou-se três cenários distintos de composição total para a sub-bacia calibrada: Mata Nativa, Eucalipto e Pastagem. A análise de sensibilidade manual dos parâmetros para os cenários demonstrou que não houve diferenças significativas entre os cenários para a maioria dos parâmetros. Porém, para o valor do número da curva (CN2), os cenários de Eucalipto e Pastagem foram influenciados em maior magnitude do que o de Mata Nativa. Uma correlação entre parâmetros de diferentes processos pode ser observada. Na avaliação de variáveis de saída modeladas, para diferentes cenários, não foram observadas grandes diferenças para médias mensais. Para as simulações diárias, as particularidades entre os cenários foram melhor observadas, principalmente para eventos de maiores precipitações. A Mata Nativa demonstrou maiores valores de vazão em épocas de seca, em virtude do maior fluxo de base, enquanto o cenário de Pastagem retornou um escoamento superficial superior às outras situações. Palavras-chave: SWAT. Análise de sensibilidade. Calibração. Cenários de uso e ocupação do solo.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6893
Aparece nas coleções:PPGEA - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_11522_La_za Fernanda Curti Teixeira20180109-143406.pdf3.69 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.