Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6910
Título: SOLUBILIZAÇÃO DE MATÉRIA ORGÂNICA E NUTRIENTES DO LODO ALGÁCEO DE UMA LAGOA DE ESTABILIZAÇÃO ATRAVÉS DE PROCESSOS HIDROLÍTICOS ALCALINO E TÉRMICO
Autor(es): LAMBERTI, G. G.
Orientador: GONCALVES, R. F.
Palavras-chave: Microalgas
Processos Hidrolíticos
Biodegradabilidade
Data do documento: 23-Mar-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: LAMBERTI, G. G., SOLUBILIZAÇÃO DE MATÉRIA ORGÂNICA E NUTRIENTES DO LODO ALGÁCEO DE UMA LAGOA DE ESTABILIZAÇÃO ATRAVÉS DE PROCESSOS HIDROLÍTICOS ALCALINO E TÉRMICO
Resumo: A fim de otimizar a biodegradabilidade do lodo algáceo durante a digestão anaeróbia, diversos processos de hidrólise têm sido estudados para promover o aumento da produção de energia pela hidrólise celular algácea e geração de diferentes subprodutos. A presente pesquisa tem como foco dois tipos de processos hidrolíticos, térmicos e alcalinos do lodo algáceo, a fim de aumentar a biodegradabilidade no processo de digestão anaeróbia através da solubilização de carbono orgânico, nitrogênio e fósforo. O projeto de pesquisa faz parte da análise de eficiência energética de uma estação de tratamento de esgoto localizada na cidade de Vila Velha-ES, visando reduzir o consumo e demanda de energia durante os processos de tratamento. O lodo algáceo mixotrófico coletado através de coagulação floculação decantação, e desaguamento apresentou uma concentração média de sólidos totais de 35.1 g/L, e em seguida foram realizadas análises de solubilização de matéria orgânica (DQOs), nutrientes e exopolímeros. Para esta pesquisa, na hidrolise térmica à temperatura de 90°C, foi possível uma solubilização de 19% da DQOs, enquanto no processo alcalino à pH 12, houve incremento de 21%. Foi possível identificar a crescente solubilização de carboidratos com o aumento de temperatura, porém o mesmo padrão não foi observado durante o processo alcalino. A mudança de cor da biomassa durante o tempo de reação de hidrólise para uma coloração mais marrom induz a aferir que houve reações de Maillard durante os processos hidrolíticos, com reações entre carboidratos solúveis e proteínas solúveis. Foi identificada redução da concentração de íons fosfato solúvel na amostra ao longo dos processos hidrolíticos, o que pode ser resultado da precipitação destes com demais cátions como Ca2+ e Mg2+, levando a precipitação de compostos de hidroxiapatita e estruvita. Desta forma, ambos processos hidrolíticos mostraram resultados satisfatórios quanto a solubilização de material orgânico, nutrientes, carboidratos e proteínas. Embora os processos alcalinos tenham mostrado melhores resultados na solubilização de material orgânico, para o objetivo geral desta pesquisa, os processos térmicos foram mais eficientes ao promover uma melhor solubilização de demais compostos como nutrientes, carboidratos e proteínas.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6910
Aparece nas coleções:PPGESA - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_11709_disserta__o_ final.pdf3.21 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.